Loulé

23.º aniversário da Fundação António Aleixo comemorado em Quarteira

O Centro Comunitário António Aleixo, em Quarteira, acolheu ontem à tarde a festa do 23.º aniversário da Fundação António Aleixo com apresentação de Nelson Horta.

O programa começou com fado por Sandra Serrano, acompanhada por Jorge Franco à guitarra e Valentim Filipe à viola.

Seguidamente, José Galamba, do conselho de administração da fundação, fez uma breve descrição da instituição.

A programação prosseguiu com o lançamento do CD de poesia “Estórias de Uma Vida”, da poetisa Felisbela Bartolomeu, que leu alguns dos seus poemas, prosseguindo com uma sessão de autógrafos do seu CD e do seu livro de poemas “Se Tanto Amo e Quero”.

A capa do CD apresenta fotos do pôr-do-sol de Quarteira, do fotógrafo amador José Manuel Guerreiro, que leu igualmente 3 poemas de sua autoria dedicados à cidade de Quarteira.

Seguidamente teve lugar as intervenções do presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto e da vereadora da Câmara Municipal de Loulé, Ana Machado.

Fora da programação, o público foi brindado com uma surpresa, um momento musical protagonizado por Edna Oliveira e Sandrine Tavares.

A tarde terminou com um beberete no exterior da instituição primorosamente preparado e servido pelo staff da instituição.

Entre os presentes, destacamos ainda a presença do presidente do Conselho de Administração da Fundação António Aleixo, Murta Mascos; Fernando Santos, do conselho de administração; o presidente da Junta de Freguesia de S. Clemente – Loulé, Carlos Filipe; Sandra Vaz, chefe do Departamento de Ação Social da Câmara Municipal de Loulé, entre outros.

A Fundação António Aleixo foi criada a 25 de Maio de 1995. Trata-se de uma instituição privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública, com objetivos de carácter social, cultural, artístico e científico. Desenvolve atividades de intervenção, através do combate aos problemas da comunidade.

Foi idealizada por 44 Fundadores (individualidades, empresas e entidades ligadas ao concelho) e constituída por escritura pública em 25 de Maio de 1995, com o compromisso de contribuir para o desenvolvimento do concelho de Loulé. Para tal, regista uma série de atividades, destacando-se os projetos de ação social destinados à infância, juventude e terceira idade, as iniciativas de carácter cultural, as atividades editoriais, formativas e de animação e a concessão de bolsas de estudo a estudantes economicamente carenciados.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Veja o VÍDEO n.º 1

Veja o VÍDEO n.º 2

Veja o VÍDEO N.º 3

Categories: Loulé, Quarteira