AGENDA

Rancho Folclórico e Etnográfico de S. Sebastião no Calçadão de Quarteira

O Rancho Folclórico e Etnográfico de São Sebastião (Loulé) protagonizou na noite de ontem, 31 de julho, a primeira das suas atuações previstas para o verão 2018 no Calçadão de Quarteira.

As atuações ocorrem todas as terças-feiras, pelas 21h30, em 3 pontos distintos do Calçadão de Quarteira: Dom José Beach Hotel, Largo dos Bombeiros e Bar La Plage.

Depois de ontem vão ainda acontecer atuações nos dias 7, 14, 21 e 28 de agosto.

O Rancho Folclórico e Etnográfico de São Sebastião foi criado pela Junta de Freguesia de São Sebastião (Loulé) em 21 de Setembro de 2002 e atualmente é pertença da Associação dos Amigos do Rancho Folclórico e Etnográfico de São Sebastião.

Tem como objetivo o desenvolvimento de atividades de carácter cultural, etnográfico e recreativo. É constituído por cerca de 50 elementos distribuídos pela dança, tocata e cantata.

As suas danças e cantares foram recolhidas através de apuradas pesquisas junto das pessoas mais idosas e constam essencialmente de bailes de roda e corridinhos.

Os seus trajes são em grande parte uma fiel recriação do que o povo usava nos tempos de outrora sendo de realçar as vestes usadas pelos agricultores produtores de frutos secos; a padeira; a lavadeira; a empreiteira; a rendeira; a leiteira; a ceifeira; os trajes domingueiros e de dias festivos, etc. Não podemos deixar de destacar com grande relevo o traje dos noivos pois é uma réplica fidelíssima do que era usada há cerca de século e meio (cento e quarenta anos). Os instrumentos musicais são o acordeão e os ferrinhos.

Apesar da sua curta existência, o rancho folclórico já fez inúmeras atuações por todo o pais, participando em muitos festivais de folclore, e também no estrangeiro, nomeadamente na vizinha Espanha, nos Estados Unidos da América e na França.

O Rancho Folclórico e Etnográfico de S. Sebastião já levou a efeito a realização de vários festivais de folclore com a participação dos mais conceituados ranchos folclóricos do nosso país, bem como de alguns grupos estrangeiros.

Finalmente, há a referir duas participações em programas de televisão, nomeadamente na Praça da Alegria (RTP1),  nos estúdios de Lisboa e Porto, e no programa “Iniciativa”, aquando da gravação de um programa sobre a cidade de Loulé.

Categories: AGENDA, Quarteira