Quarteira

“Daqui Ali – De Portugal à África do Sul de Bicicleta” apresentado em Quarteira

Uma viagem única de bicicleta desde Vale de Cambra, em Portugal, à Cidade do Cabo, na África do Sul, feita em 800 horas a pedalar, 15 mil Km percorridos, 22 países atravessados e 15 meses de duração, só podia resultar num livro imperdível.

A obra foi apresentada ontem à noite (22 de agosto) no Auditório do Centro Autárquico de Quarteira, inserido na rubrica Livros Abertos, da Biblioteca Municipal de Loulé.

A apresentação foi feita por Fábio Nobre, que já conhecia o autor, que viria a conhecer quando este o abordou na praia para a aquisição do livro e de imediato o convidou para apresentar a obra em Quarteira. Fábio Nobre leu quatro trechos do livro, tecendo igualmente algumas considerações sobre a obra, o autor e as viagens.

António Pedro Moreira (conhecido por Pedro On The Road nas redes sociais), autor do livro e personagem principal desta magnífica aventura, partilhou com os presentes, em jeito de Stand Up Comedy, histórias incríveis de quem partiu à descoberta do mundo e de si próprio.

António Pedro Moreira/Pedro On The Road fala-nos sobre si, dizendo: “Acho que nasci a chorar, assustado com aquelas luzes todas, nos idos de 84. O mundo não resistiu e encapsulou-me, oferecendo-me a estabilidade e alegrias mais comummente desejadas. De um liceu bem passado em Vale de Cambra segui para uma Universidade melhor passada, em Coimbra. Ao abrigo de desculpas de que não há trabalho para psicólogo em Portugal, deixei-me aterrar na Noruega por seis meses, e em Inglaterra por dois anos, seguindo um caminho que, ainda que incomum, já outras pessoas tinham traçado. Quis traçar o meu e despedi-me para ir viajar. Agora vivo meio ao desbarato, viajando, escrevendo e trabalhando. Desde que me libertei de uma VIDA mais normal apareceu-me o mundo e olhei-o de frente”.

E a seguir, África: “Como é que se volta atrás depois de percebermos quem somos e o que queremos fazer? Olhar para a VIDA da mesma forma que olhávamos antes de 50.000km por terra de Portugal a Singapura? Não se volta. Ainda que em casa, a mente segue sempre, deixando os dias passar com outros destinos ao assalto. África. Uma Bicicleta. E uma alma em direção a um Adamastor redimido, passando por todo o desconhecido que de si me separa, sempre com o desejo que, se tentar com força suficiente, me dilua nas terras e gentes que as habitam. Medos, frustrações, provações, e a alma lançada a cada canto e esquina, caindo sempre inteira. O Amor dá força, e o Amor de quase cada estranho que encontrei estrada fora não a deixou nunca partir. O Amor e as provações dançaram, e escreveram estas páginas”, considera o autor.

A apresentação contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo e da diretora municipal Dália Paulo.

Categories: Quarteira