Quarteira

QUARTEIRA | Tertúlia “Vamos tirar dúvidas sobre o 112”

O Polo de Quarteira da Biblioteca Municipal promoveu na noite de ontem uma tertúlia subordinada ao tema “Vamos tirar dúvidas sobre o 112” com a presença do formador de Suporte Básico de Vida do INEM, Fábio Barros.

Fábio Barros fez uma exposição sobre o funcionamento do número de emergência europeu 112, bem como sobre o funcionamento do INEM e do CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes).

No final, teve lugar um período de debate com o palestrante a responder a todas as perguntas do público.

INEM

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) é o organismo do Ministério da Saúde responsável por coordenar o funcionamento, no território de Portugal Continental, de um Sistema Integrado de Emergência Médica, de forma a garantir aos sinistrados ou vítimas de doença súbita, a pronta e correta prestação de cuidados de saúde.

A prestação de cuidados de emergência médica no local da ocorrência, o transporte assistido das vítimas para o hospital adequado e a articulação entre os vários intervenientes do Sistema, são as principais tarefas do INEM. Através do número europeu de emergência – 112, o INEM dispõe de múltiplos meios para responder com eficácia a situações de emergência médica.

Saiba mais no VÍDEO INSTITUCIONAL DO INEM

CODU – Centro de Orientação de Doentes Urgentes

Os Centros de Orientação de Doentes Urgentes são Centrais de Emergência Médica responsáveis pela medicalização do Número Europeu de Emergência – 112.

Os pedidos de socorro efetuados através do 112, que digam respeito a situações de urgência ou emergência médica, são transferidos para os CODU.

O INEM tem quatro CODU em funcionamento: Lisboa, Porto, Coimbra e Faro.

Compete aos CODU atender e avaliar no mais curto espaço de tempo os pedidos de socorro recebidos, com o objetivo de determinar os recursos necessários e adequados a cada caso.

O seu funcionamento é assegurado, 24 horas por dia, por equipas de profissionais qualificados (Médicos e Técnicos) com formação específica para efetuar o atendimento, triagem, aconselhamento, seleção e envio de meios de socorro.

Para o efeito, os CODU dispõem de um conjunto de equipamentos na área das telecomunicações e informática que permitem coordenar e rentabilizar os meios humanos e recursos técnicos existentes.

Os CODU coordenam e gerem um conjunto de meios de socorro (motas, ambulâncias de socorro, viaturas médicas e helicópteros).

Os meios são selecionados de forma criteriosa de acordo com:

  • a situação clínica das vítimas
  • a proximidade do local da ocorrência
  • a acessibilidade ao local da ocorrência

Este serviço assegura o acompanhamento das equipas de socorro no terreno através de informações clínicas recebidas.

É ainda possível selecionar e preparar a receção hospitalar dos doentes, com base em critérios clínicos, geográficos e de recursos da unidade de saúde de destino.

Em caso de emergência médica, acidente, incêndio ou assalto, saiba o que fazer AQUI.

Categories: Quarteira, Saúde