Castro Marim

Castro Marim oferece viseiras e EPI a profissionais de saúde e outras instituições locais

O Município de Castro Marim está a distribuir centenas de viseiras e equipamentos de proteção individual (EPI’s) pelos bombeiros voluntários, forças de segurança, centros de saúde, serviços de apoio domiciliário da Unidade de Cuidados Continuados do Azinhal e da Cruz Vermelha em Altura e Mercado de Altura.

A realçar que algumas das viseiras foram doados pelo Movimento Maker – Portugal, uma iniciativa voluntária com mais de 8000 membros e que produz as viseiras em impressoras 3D. Agradece o Município as largas de dezenas oferecidas por este movimento, cujo objetivo é essencialmente “juntar pessoas com vontade de partilhar conhecimento através de um espírito de entre ajuda”. Foi assim que a iniciativa se organizou agora, no atual contexto pandémico, para a produção de viseiras. Para fazer as viseiras é preciso apenas uma folha grossa de acetato transparente, um elástico, um furador de papel e filamento de impressão para a impressora 3D, por isso todos os que reunirem as condições podem aderir ao Movimento. Este é um movimento solidário nacional, que se estendeu agora a Castro Marim, onde, estimuladas pela Câmara Municipal, também têm surgido iniciativas solidárias como a confeção de máscaras comunitárias e a criação da rede de voluntários.

A autarquia castromarinense adquiriu ainda equipamentos especiais, higienizáveis, de alta proteção, para os profissionais de limpeza urbana, que todos os dias estão na linha da frente, e são também disponibilizadas viseiras a todos os colaboradores da rede de voluntários.

Categories: Castro Marim, Saúde