Olhão

PSD/Olhão: «Trabalhadores da Ambiolhão merecem mais que palmas»

PSD/Olhão apresenta proposta relativa à carreira profissional dos Trabalhadores do Município

O Vereador Daniel Santana, eleito pelo PSD, viu rejeitada, na última reunião da Câmara Municipal de Olhão, uma proposta na qual exigia, até ao final do presente ano, “o reconhecimento do direito a uma carreira profissional, progressiva e devidamente remunerada, a todos os trabalhadores do município, a começar pelos da Ambiolhão”.

Com o argumento de que “não fazia sentido aprovar uma proposta já em desenvolvimento pela Ambiolhão”, assegurando que “certamente iria ser concluída antes do prazo solicitado”, a proposta do PSD foi rejeitada com o voto contra do Presidente da Câmara, António Miguel Pina e do restante executivo socialista.

Importa salientar que há quatro anos que a Ambiolhão anda a prometer esta medida aos trabalhadores, com sucessivos adiamentos e recuos, sem qualquer concretização efetiva, mantendo uma política de salários mínimos e total desvalorização das competências profissionais individuais de cada trabalhador.

A proposta do vereador do PSD, agora votada e rejeitada, foi despoletada pelas declarações públicas do Presidente da Câmara Municipal de Olhão, também Presidente do Conselho de Administração da Ambiolhão que, num recente vídeo colocado nas redes sociais, apelou a “uma salva de palmas” de gratidão e reconhecimento do trabalho fundamental e heróico destes profissionais.

Daniel Santana defende que “as palmas já não chegam”, para agradecer a estes trabalhadores que há tantos anos se encontram esquecidos e não são devidamente valorizados, sublinhando que “a maior gratidão seria reconhecer-lhes o direito a uma carreira”, especialmente agora que estão diariamente expostos a riscos de saúde acrescidos.

Categories: Olhão