AGENDA

Startups vão tornar o turismo algarvio mais inovador e mais competitivo

35 startups vão apresentar projetos numa viagem marítima ao largo de Albufeira. Já em terra, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, irá falar dos incentivos à entrada das startups no setor turístico. “A capacidade de inovação destas empresas é imprescindível para ajudar os negócios turísticos tradicionais a recriarem-se e a ultrapassarem as dificuldades criadas pela pandemia da Covid-19”, afirma Luís Matos Martins, CEO da Territórios Criativos.

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, vai participar numa operação de incentivo à entrada de “startups” no turismo do Algarve e do Baixo Alentejo. No dia 14 de outubro, na Marina de Albufeira, Rita Marques irá falar a 35 startups e a mais de três dezenas de investidores, parceiros e potenciais clientes que integram a “Net Me Up”, uma iniciativa com o objetivo de impulsionar a retoma do setor turístico na região tornando-o mais inovador e competitivo.

No horizonte desta apresentação de projetos de investimento turístico a bordo de um barco estão programas de apoio como a 3.ª edição da Call Tourism, lançada em 30 de setembro pela Portugal Ventures e pelo Turismo de Portugal, com 10 milhões de euros disponíveis para investimento em projetos tecnológicos e não tecnológicos na área do turismo até janeiro de 2021.  Também o Programa FIT – Fostering Innovation in Tourism, do Turismo de Portugal, coloca 1,2 milhões de euros para incubadoras de empresas promoverem o empreendedorismo, a inovação e a sustentabilidade no setor do turismo até julho de 2021.

“É importante a presença da secretária de Estado do Turismo devido à relevância das startups e do empreendedorismo como fontes de criação de emprego e de inovação nas atividades turísticas em Portugal”, afirma Luís Matos Martins, CEO da Territórios Criativos, a empresa de consultadoria e de apoio ao empreendedorismo que organiza o Net Me Up. “As startups são fundamentais para enfrentar a realidade criada pela pandemia da Covid-19: a sua intrínseca capacidade de inovação é imprescindível para ajudar os negócios turísticos tradicionais a recriarem-se e a ultrapassarem as atuais dificuldades”.

O Net Me Up tem o objetivo de impulsionar a retoma turística no Algarve e no Litoral Alentejano, que viu a sua atividade reduzir-se muito desde o início da pandemia. O embarque a bordo do barco da AlgarExperience – empresa de Albufeira parceira da iniciativa, tal como a Global Entrepreneurship Network – GEN Portugal e o Turismo de Portugal – terá lugar às 14:00 de dia 14 de outubro, na Marina de Albufeira (ver Programa em anexo). Durante a viagem as startups vão apresentar os seus projetos aos investidores e, no regresso a terra, às 17:30, a secretária de Estado Rita Marques fará a sua intervenção. Aos projetos vencedores serão depois entregues os prémios: o principal é 2.000€ e seis meses de incubação nos Territórios Criativos.

“Pedimos às startups que, nos projetos que vão apresentar, deem prioridade à sustentabilidade – nomeadamente aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas – à digitalização e às experiências ‘seamless’, sem complicações”, afirma Luís Matos Martins. “A entrada destas startups no turismo algarvio irá torná-lo mais resiliente, mais inovador e, por isso, mais competitivo no mercado europeu”

Seis finalistas para três prémios

Net Me Up é uma iniciativa de pitching & networking promovida pelo Turismo de Portugal e pelos Territórios Criativos, em parceria com a AlgarExperience e a GEN Portugal. Tem por missão apoiar e alavancar empreendedores e startups ligadas ao turismo, preferencialmente instaladas no Baixo Alentejo e Algarve, ainda que o Net Me UP seja aberto a participantes de outras zonas do país, ligando-as a investidores, parceiros, mentores e potenciais clientes.

A bordo do barco da AlgarExperience as startups irão ter momentos de networking, de “inspiring talks” e farão a apresentação dos seus projetos. Serão apurados seis finalistas e, já em terra, estes farão “pitches” de três minutos, seguidos de três minutos para questões a colocar por parte dos membros do júri. De seguida serão entregues três prémios, sendo o primeiro de 2.000€ mais seis meses de incubação nos Territórios Criativos.

“Esperamos multiplicar iniciativas como esta pela região e pelo país”, afirma Luís Matos Martins, CEO dos Territórios Criativos. “O turismo tem contribuído vivamente para a taxa de natalidade empresarial em Portugal – e assim deve continuar”.

ANEXOS: O programa e todas as informações sobre o Net Me Up encontram-se em: https://www.territorioscriativos.eu/net-me-up/

Categories: AGENDA, Algarve, Empresas, Turismo