Algarve

Parcialmente rodado no Algarve | Candidato palestiniano aos Óscares tem coprodução portuguesa

“Gaza, mon amour” realizado por Tarzan Nasser e Arab Nasser foi parcialmente rodada no Algarve.

O filme “Gaza, mon amour” é o candidato da Palestina a uma nomeação para o Óscar de melhor filme internacional, revelou a coprodutora, Pandora da Cunha Telles. A longa-metragem de ficção, assinada pelos irmãos palestinianos Tarzan e Arab Nasser foi rodada parcialmente no Algarve, com participação da Ukbar Filmes.

Além da rodagem em Portugal, com a recriação dos portos de Gaza no Algarve, a coprodução portuguesa passou ainda pelo trabalho de som, caracterização e mistura. O filme conta com apoio do Instituto do Cinema e Audiovisual e da RTP e terá estreia nos cinemas portugueses no primeiro trimestre de 2021.

“Gaza, mon amour” teve estreia no festival de cinema de Veneza e inspira-se numa história verídica ocorrida em Gaza, em 2014, quando um pescador encontrou uma estátua de Apolo no mar.

Protagonizado por Hiam Abbass e Salim Daw o filme foi distinguido ainda no festival de cinema de Toronto com o prémio NETPAC, tendo o júri elogiado o “comovente, instigante e poético conto de emoções não ditas, a retratar a vida diária de Gaza”.

“Temos ideia que de Gaza só vêm histórias de guerra, mas esta não. (…) É um filme muito narrativo, uma história de amor, tem humor”, embora estejam implícitos os problemas sociais do território e a relação com Israel, contou Pandora da Cunha Telles.

Nascidos em Gaza em 1988, Tarzan e Arab Nasser estrearam-se em 2013 com a curta-metragem “Condom Lead” e fizeram a primeira longa um ano depois, intitulada “Dégradé”, estreada na Semana da Crítica do Festival de Cinema de Cannes.

A próxima edição dos Óscares, os prémios norte-americanos de cinema, foi empurrada para 25 de abril 2021, devido à pandemia da covid-19, o que teve implicações nos prazos de aceitação de candidaturas, votações e anúncio de nomeados. O limite para a estreia dos filmes em salas norte-americanas, também foi alterado e estende-se a 28 de fevereiro 2021, dois meses além do limite habitual de 31 de dezembro.

A submissão para o Óscar de melhor filme internacional passou a ter como data limite 1 de dezembro 2020.

O candidato de Portugal a esta categoria deverá ser anunciado em novembro pela Academia Portuguesa de Cinema.

Categories: Algarve