Lagos

LAGOS | Município associa-se à causa da prematuridade

A Nascer Prematuro – Associação Portuguesa de Pais de Bebés Prematuros e o CHUA – Centro Hospitalar Universitário do Algarve comemoram o Dia Mundial da Prematuridade, assinalado a 17 de novembro, com uma série de iniciativas que visam sensibilizar a comunidade para a problemática do nascimento prematuro. Lagos irá associar-se à causa, iluminando o edifício da Câmara Municipal com luz lilás, cor associada ao evento, durante a semana de 9 a 17 de novembro, um gesto simbólico repetido anualmente em várias cidades do mundo.

Com as restrições resultantes da situação epidemiológica, as habituais celebrações com famílias e crianças não terão lugar. Ainda assim, as entidades envolvidas irão assinalar a data com diversas atividades adaptadas.

A Nascer Prematuro é uma associação sem fins lucrativos que apoia os pais e bebés que nascem ou nasceram prematuros, no hospital e/ou após a alta. Criada em 2016, por pais de crianças que nasceram prematuras na região do Algarve e profissionais da área, o seu âmbito é nacional, embora estenda o seu raio de ação além-fronteiras. A sua intervenção vai desde o apoio a nível hospitalar dos pais, à ajuda na aquisição de material e equipamento hospitalar necessário aos cuidados, ao acompanhamento na transição para o domicílio das famílias com crianças que nasceram prematuras e que por vezes têm necessidades de apoio especializado.

Entre os seus apoios a estas famílias encontram-se a aquisição de duas incubadoras para o Hospital de Faro em 2019 e 2020, mobiliário e extratores de leite materno, doação de vestuário para os bebés e material para as unidades de Neonatologia do Algarve e diversas iniciativas organizadas para sensibilizar a população.

Saiba mais sobre a Nascer Prematuro aqui.​

Categories: Lagos, Saúde