Quarteira

QUARTEIRA | Lançamento de livro sobre a Casa dos Barretos marcou início do programa de atividades da exposição 6000 anos de História

O lançamento do livro “Do Algarve, a Marrocos e à Índia: Francisco Barreto e a Casa de Quarteira (séculos XV-XVI)” (Coleção Arquivo&História), da autoria de Nuno Vila-Santa, inaugurou o programa de atividades integradas na Exposição “Com os Pés na Terra e as Mãos no Mar – 6000 anos de História de Quarteira”. Este momento aconteceu no último sábado, dia 29 de maio, no exterior da antiga lota de Quarteira, Largo das Cortes Reais.

Nuno Villa-Santa e Dália Paulo

Governador da Índia (1555-1558) e do Monomotapa (1569-1573), Francisco Barreto foi uma das figuras de destaque no Império durante o reinado de D. Sebastião (1557-1578), mas também uma figura decisiva da Casa dos Barretos de Quarteira. Este livro procura analisar a história da Casa dos Barretos de Quarteira, centrando o estudo na figura desta Casa que, considera o autor, foi a que mais prestígio e poder alcançou.

Qual a importância de Loulé e de Faro na história da Casa e de que forma a Casa contribuiu para a afirmação do Reino algarvio durante o século XVI? Estas são algumas das interrogações às quais o autor do livro responde na sua conclusão.

Nuno Vila-Santa é licenciado, mestre e doutor em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Atualmente é investigador de pós-doutoramento do projeto, financiado pelo European Research Council, RUTTER – Making the Earth Global, o qual se encontra sediado na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. É ainda Investigador do CIUHCT e investigador correspondente do CHAM. A sua investigação atual está relacionada com a circulação do conhecimento marítimos português na Europa do século XVI e a forma como este contribuiu diretamente para o início da expansão marítima francesa, inglesa e holandesa.

Recorde-se que “Com os Pés na Terra e as Mãos no Mar – 6000 anos de História de Quarteira” foi inaugurada a 13 de maio e vai estar patente ao público durante dois anos. Nesta exposição procura-se dar a conhecer o território de Quarteira através de uma viagem de 6.000 anos, mergulhando nas suas origens e contando, desde várias perspetivas, a História do lugar e da sua população até aos dias de hoje.

Veja também Quando a Casa dos Barretos de Quarteira mandavam no Algarve e no Império Português além mar, culminando na titulação de D. Francisca da Aragão

Categories: Quarteira