Quarteira

QUARTEIRA | Comemorações do Dia do Idoso no Lar da Sagrada Família

«Mesmo na sua velhice, quando tiverem cabelos brancos, sou eu aquele, aquele que os susterá. Eu os fiz e eu os levarei; eu os sustentarei e eu os salvarei» (Isaías 46:4)

O Dia Internacional do Idoso foi instituído pela ONU – Organização das Nações Unidas que, em 14 de dezembro de 1990, votou em Assembleia Geral, para estabelecer como data comemorativa, o dia 1 de outubro.

Assim, em 1 de outubro de 1991, celebrou-se pela primeira vez o Dia Internacional do Idoso.

A instituição deste dia teve como objetivo destacar a importância da contribuição dos idosos para a sociedade, sensibilizar a sociedade para a consciencialização das oportunidade e desafios do envelhecimento no nosso tempo e a necessidade de proteger e cuidar da população mais idosa.

Todos os anos alusivo a um tema, o escolhido para 2021 pela ONU é “Equidade digital para todas as idades”, na pretensão de alertar para a necessidade de maior acesso e utilização das novas tecnologias pelos idosos.

O idoso assume importância na sociedade, pelo papel único que evidencia, enquanto herança viva da tradição, dos costumes e da cultura de um povo. Contundo, a vulnerabilidade de saúde, económica e social vivenciada por esta população, é um fator facilitador para a criação de marginalização sobre os seus direitos.

No âmbito das comemorações deste dia, os idosos do Lar da Sagrada Família do Centro Paroquial de Quarteira foram brindados com um espetáculo de dança, proporcionado pelo Grupo de Dança da Associação Arabesque Family, brilhantemente coordenados pela professora Larissa Shumskaya.

Numa tarde muito animada, no espaço relvado do nosso Lar, os idosos tiveram ainda oportunidade de participar numa sessão de Ioga do Riso, dinamizada por Tatiana Ribeiro. Na opinião dos presentes, a vivência desta tarde diferente constituiu uma “lufada de ar fresco”, que motivou alegria e boa disposição a todos.

Os idosos elaboraram um cartão-postal, como forma de agradecimento pela atuação do grupo, e um ramo de flores à professora Larissa. Foi também proporcionado um lanche aos presentes.

Importa ressalvar que este espetáculo foi pensado e delineado segundo as diretrizes de saúde e segurança em vigor, por força da pandemia Covid-19. As entradas e saídas foram rigorosamente controladas, bem como foi efetuada a medição da temperatura corporal e a desinfeção regular, bem como o distanciamento social recomendado. Para que fosse possível a concretização deste espetáculo, muito agradecemos a pronta colaboração da Junta de Freguesia de Quarteira e da Câmara Municipal de Loulé, pelo apoio logístico e material concedido.

Mais que assinalar este dia, importa continuar, em todos os outros dias do ano, a mimar, cuidar e proteger os nossos idosos, nunca podendo esquecer e cumprindo os princípios adotados pela ONU para as pessoas idosas: INDEPENDÊNCIA, PARTICIPAÇÃO, ASSISTÊNCIA, REALIZAÇÃO PESSOAL e DIGNIDADE.

Texto: Ana F. Pinheiro

Fotografia: Mavilde Pia e Lígia P. de Carvalho

Categories: Quarteira