Quarteira

QUARTEIRA | AHDPA promoveu Workshop Cuidar na Demência

O Centro de Dia da AHDPA – Associação Humanitária dos Doentes de Parkinson e Alzheimer promoveu este sábado, dia 22 de janeiro, entre as 15 e as 19 horas, o workshop Cuidar da Demência, pela formadora Elisabete Garraia.

O workshop teve lugar no Centro Autárquico de Quarteira e contou com a presença do presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto e do presidente da AHDPA, Adelino Rocha.

Adelino Rocha deu as boas vindas a todos, considerando este workshop “de uma importância muito grande para quem tem família, independentemente de ter esta ou aquela patologia. Se nós soubermos, estamos preparados para aquilo que possa aparecer. Se não soubermos é que é uma chatice porque não estamos preparados”.

Por seu lado, Telmo Pinto agradeceu à AHDPA por criar “estas dinâmicas e tudo aquilo que têm feito na associação, e que eu tenho assistido desde o início do Centro de Dia. Portanto, é preciso valorizar o trabalho que têm vindo a fazer. Esta temática acaba por ser uma aprendizagem. Tenho acompanhado o trabalho das instituições pela proximidade que tenho enquanto autarca e é importante que as pessoas percebam que os lares não são aquilo que nós pensamos que são e isto é um problema muito grave na nossa sociedade. Vivemos muito mais tempo, há pessoas muito mais ativas e que estão em pleno das suas faculdades, são autónomas, mas depois há outras que estão fisicamente bem mas psicologicamente precisam de muito acompanhamento e trabalho mais específico. É importante todos nós começarmos a ouvir estas temáticas e obrigado pelo trabalho que têm vindo a desenvolver”.

O workshop, especialmente direcionado para pessoas cuidadoras familiares, teve como objetivo facilitar a vida de quem cuida e de quem é cuidado, melhorando a relação entre ambos. Os participantes puderam assim conhecer os sintomas dos vários tipos de demência, aprender truques para lidar com desafios de forma positiva e gratificante e reconhecer atividades simples para estimular a memória da pessoa com demência.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Quarteira, Saúde