AGENDA

Tivoli Marina Vilamoura ‘transforma-se’ em galeria de arte | 8 a 20 de abril

O icónico Tivoli Marina Vilamoura apresenta a Vilamoura Art Exhibition, uma exposição que vai estar patente no lobby e no Jardim de Inverno do hotel, entre 8 e 20 de abril, numa mostra do entusiasmo e da diversidade da comunidade artística residente no Algarve.

A Vilamoura Art Exhibition irá juntar, no mesmo espaço, oito artistas independentes, nacionais e estrangeiros, de diferentes áreas e com diversas abordagens artísticas, todos com ligação ao Algarve.

Ao longo do período de exposição, o público terá a oportunidade de conhecer e interagir com os autores das obras de arte expostas, em três momentos distintos: na inauguração que se realiza hoje, dia 07 de abril, entre as 17h e as 19h; no Dia Mundial da Arte, 15 de abril, entre as 15h e as 19h; e no dia de encerramento, 20 de abril, a partir das 17h e até às 19h.

Bob Tidy, Daniel Hasselmyr, Mickey Craig e Shelley Foley são os artistas internacionais presentes, que se irão juntar a Patrícia Faísca, Paulo Araújo e Sara Pontes, e que irão apresentar no total mais de 40 obras da sua autoria.

A entrada é gratuita e as receitas das vendas das peças revertem para os artistas.

Sobre os artistas: 

Bob Tidy

Bob Tidy, fotógrafo e artista digital, irá apresentar seis das suas obras, entre composições digitais originais e ilustrações do Algarve, criadas a partir das suas próprias fotografias.

Daniel Hasselmyr

Daniel Hasselmyr é um pintor premiado, cujo trabalho é maioritariamente em aguarela e baseia-se no que interessante vê no dia-a-dia, principalmente, a sua paixão pelo Algarve.

Marc Thivierge

Marc Thivierge é um artista moderno que cria arte abstrata através de cores brilhantes que criam movimento. Inspira-se na sua própria vida e no que observa na natureza.

Mickey Craig

Mickey Craig, trabalha com diferentes tipos de metal, utilizando peças encontradas que são remodeladas para criar obras de arte únicas.

Shelley Foley

Shelley Foley, artista acrílico, irá estar presente com três peças de arte que refletem um estilo que inclui expressionismo ou o abstrato, utilizando cores brilhantes para evocar uma sensação de tempo, de movimento e emoção em vez do realismo.

“Flor de amendoeira”, óleo sobre tela – Patrícia Faísca

Patrícia Faísca utiliza o óleo e acrílico para criar pinturas realistas e abstratas, para transmitir calma, simplicidade, num convite a um sentido de presença e conexão.

Paulo Araújo, artista abstrato intuitivo, irá apresentar seis peças, em que cada uma representa um caos organizado que demonstra uma falta de continuidade estilística, que decorre de um ‘lugar de dor crónica em busca de conforto’.

Sara Pontes

Sara Pontes, artista contemporânea abstrata, contará com três obras que refletem uma pintura de emoções com inspiração na natureza e formas orgânicas. Baseia-se em combinações abstratas de elementos que proporcionam texturas, camadas e dinâmicas de contraste.

Categorias:AGENDA, Quarteira