Loulé

LOULÉ | Nathalie Dias lança livro “Quando eu for grande… quero ser Jornalista”

Decorreu no passado dia 4 de junho, na Biblioteca Municipal de Loulé, a apresentação pública do livro “Quando eu for grande… quero ser Jornalista”, da escritora e jornalista Nathalie Dias.

A sessão contou com um painel de convidadas composto por Marinela Malveiro, jornalista, responsável pela comunicação e coordenadora de projetos culturais na Fundação Manuel Viegas Guerreiro, e a professora Ana Jacinto, docente do 1º Ciclo na Escola Manuel Alves, do Agrupamento Padre João Coelho Cabanita, de Loulé. A moderação do evento esteve a cargo da Nicole Graça (14 anos), a tesoureira encarregada das vendas foi a Michele Graça (12 anos), e o momento musical esteve a cargo do Luciano Brito (14 anos), que interpretou duas músicas ao violino.

Durante a sua apresentação, além de falar de como surgiu a inspiração para escrever este primeiro livro, a autora destacou a constante “luta” que na função de jornalista desenvolve contra a desinformação e o uso excessivo do “Scroll”, chegando mesmo ao “Doomscrolling”, que se carateriza pelo interesse excessivo e a absorção de notícias negativas.

Por outro lado, anunciou outros livros que já se encontram a caminho, entre eles, o que está agora a dedicar-se em pleno, sobre os 70 anos do jornal “A Voz de Loulé”: “Quero deixar estas sete décadas registadas para a posteridade. Quem vier depois ficará, assim, a conhecer muitas histórias e passagens por este jornal que, se não forem escritas, simplesmente serão esquecidas”. Uma vez que o aniversário do jornal é assinala-se no próximo dia 1 de dezembro, Nathalie Dias espero que “o lançamento do livro seja feito durante o ano de celebração”.

A autora agradeceu o apoio da Câmara Municipal de Loulé na pessoa do presidente Vítor Aleixo, o apoio imprescindível de algumas juntas de freguesia e a excelente organização da Biblioteca Municipal de Loulé, à fotógrafa Andreia Lopes, à ilustradora Maria Akram e ao Grupo Editorial Atlântico, não deixando de fazer um destaque aos colegas e a jornalistas de outros meios de comunicação social regionais, que ajudaram na divulgação desta apresentação.

Presente na sessão, o Poeta Isidoro Cavaco, deixou a seguinte quadra;

«Ser Escritora e Jornalista

Seus Sonhos Realizou

E Sempre Ela, Nos Conquista

Com os Sonhos, que Sonhou»

Esta obra literária tem como objetivo despertar a atenção dos jovens para a profissão de jornalista e desmistificar um pouco o que fazem afinal estes profissionais. Num mundo onde as fake news imperam cada vez mais, é importante perceber que se pode confiar nos jornalistas.

A obra será disponibilizada em Portugal na rede de livrarias independentes, parceiras do Grupo Editorial Atlântico, espalhadas por todo o país.

Categorias:Loulé