Algarve

ALGARVE | Há ventos que vêm por bem

Bezaranha faz mexer cultura no Algarve

Já a Pandemia ia com sete meses de alterações ao quotidiano, quando arrancou a iniciativa que permitiu apoiar 927 profissionais da cultura e chegar a milhares de pessoas presencialmente e online. Numa primeira fase, que coincidiu com o confinamento e a maior parte das restrições, o tempo foi para preparar o programa. A partir de Abril de 2021, com o impulso da Comunidade Intermunicipal do Algarve, Direção Regional de Cultura do Algarve e dos 16 municípios, 160 eventos saíram à rua, com mais de 20 itinerâncias entre municípios.

Desde Aljezur a Alcoutim, toda a região foi varrida por uma bezaranha ou vendaval de iniciativas culturais que envolveram essencialmente artistas da região. O modelo de programação cultural em rede que teve os últimos espetáculos em dezembro, pretendeu também potenciar o património natural e alguns monumentos do Algarve, com mais de metade dos eventos a decorrer ao ar livre e em mais do que um lugar. O conjunto de iniciativas teve um investimento de 800 mil euros, financiado pelo PO CRESC Algarve 2020 e pedo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Por: CCDR Algarve

Categorias:Algarve