Algarve

ALGARVE | Deputados do PSD pedem esclarecimento sobre Hospital Central

Os deputados do PSD eleitos pelo Algarve pretendem um esclarecimento claro e urgente sobre o futuro do Hospital Central do Algarve, agora que são cada vez mais notórias as diferenças entre o Governo e o Partido Socialista.

Os deputados do PSD eleitos pelo Círculo de Faro, Luís Gomes, Ofélia Ramos e Rui Cristina

“O Ministro da Saúde anunciou recentemente, no Parlamento, que o novo Hospital Central do Algarve iria avançar em 2023, o que nos deixou com alguma esperança, no entanto o que vemos é o Partido Socialista a chumbar qualquer iniciativa que vise um compromisso nesse sentido. O PSD apresentou uma proposta, no Orçamento do Estado, para que no primeiro semestre do próximo ano o Governo lançasse uma parceria público-privada para a construção deste novo equipamento, uma proposta que mereceu o voto contra do PS. A questão que fica no ar é: Em quem devem os algarvios acreditar? No Governo que promete ou no PS que recusa?”, refere o deputado Rui Cristina.

Os deputados Luís Gomes, Rui Cristina e Ofélia Ramos lamentam, uma vez mais, que para o Executivo e para o PS o Hospital Central do Algarve não seja um tema de concórdia, deixando milhares de algarvios sem acesso a cuidados de saúde dignos e de proximidade.

O investimento no Serviço Nacional de Saúde tem vindo a cair e os dados da execução orçamental são disso exemplo. Entre janeiro e outubro deste ano, o Governo investiu apenas 140,4 milhões de euros, cerca de 23,8% dos 589 milhões orçados para 2023. O atual estado do SNS, com falta de médicos, encerramentos constantes de serviços hospitalares e listas para consultas e cirurgias que ultrapassam os 365 dias, não se compactua com a política deste Governo que não cumpre as metas fixadas no Orçamento do Estado para 2022 e deixa por investir, na reta final do ano, cerca de 400 milhões de euros.

Categorias:Algarve, Saúde