Ambiente

Especialistas alertam para a necessidade de proteger a Vida Selvagem

4 DEZEMBRO | DIA MUNDIAL DA CONSERVAÇÃO DA VIDA SELVAGEM

APIFVET preocupada com o impacto da domesticação de animais selvagens na saúde humana e ambiental: 72% das novas ocorrências de zoonoses são provenientes de vida selvagem.

O Dia Mundial da Conservação da Vida Selvagem, que se assinala no dia 4 de dezembro, surgiu com o intuito de reforçar a necessidade de protegermos todas as formas de vida, o que inclui as populações de vida selvagem, que contribuem para o equilíbrio dos ecossistemas, e diminuíram 69% desde 19701.

Um dos fatores que tem contribuído substancialmente para que esta seja uma realidade é a crescente domesticação de animais selvagens, o que, afirma Mário Hilário, presidente da APIFVET, “tem preocupado os especialistas, visto que representam um grande perigo para nós. Isto porque estes animais podem ser portadores de vírus com o potencial de ameaçar a saúde humana: segundo a Associação Europeia AnimalHealth Europe, aproximadamente 75% das novas ocorrências de doenças infecciosas em humanos foram zoonoses, sendo 72% delas provenientes de vida selvagem2.

Mário Hilário, explica ainda que “as zoonoses surgem de infeções transmitidas naturalmente entre pessoas e animais vertebrados, tomando como exemplo a febre amarela, a raiva, a gripe aviária, a toxoplasmose e o agora conhecido coronavírus. As mesmas podem ser transmitidas através de contacto direto, comida, água ou ainda pelo meio ambiente”.

Além disso, a domesticação de animais selvagens ameaça ainda o equilíbrio dos ecossistemas, visto que contribui para a degradação das florestas e da biodiversidade, que, por sua vez, têm um papel fundamental no combate às alterações climáticas.

Assim, comprova-se a importância de refletir sobre a importância do conceito “One Health”, que interliga a saúde animal, humana e ambiental como uma só.

1. Associação Natureza Portugal. Juntos pela Biodiversidade. Disponível em https://apoia.natureza-portugal.org/donativos [acedido a 25-11-2022]

2. AnimalHealthEurope. Quick Facts. Disponível em https://animalhealtheurope.eu/our-contribution/healthy-animals-mean-healthy-people/quick-facts/ [acedido a 25-11-2022]

Categorias:Ambiente