Lagos

Museu de Lagos nomeado para o Prémio Museu Europeu do Ano 2023

O Fórum Europeu dos Museus acaba de divulgar que o Museu de Lagos Dr. José Formosinho está nomeado para o Prémio Museu Europeu do Ano (EMYA) 2023, cujo vencedor será anunciado em maio, em Barcelona. Na lista dos 33 nomeados para 2023 há ainda mais um outro museu português: a Casa Fernando Pessoa, em Lisboa.

O Prémio Museu Europeu do Ano, atribuído pelo Fórum Europeu dos Museus, foi criado há mais de 40 anos para reconhecer casos de excelência na museologia europeia e é, atualmente, o mais prestigiado galardão atribuído pelo Fórum.

Museu de Lagos, Dr. José Formosinho – que foi beneficiado com profundas obras de remodelação num montante total de 2,5 milhões de euros, cofinanciado por fundos europeus do CRESC 2020 em mais de 1,5 milhões de euros – reabriu em 27 de outubro de 2021 com um espaço de homenagem ao seu fundador e exibindo coleções, maioritariamente por ele reunidas, de Curiosidades, Pintura e Indústrias Artesanais, e expondo um acervo que consente uma narrativa da história de Lagos entre 1460 e o século XIX, onde se destaca o papel do Regimento de Infantaria de Lagos na história militar e a importância da antiga confraria militar de Santo António, cuja igreja constitui um dos pontos altos do percurso de visita, sendo um dos espaços monumentais mais visitados de todo o Algarve.

O museu está agora, também, dotado de equipamentos acessíveis (áudio-guias, áudio-descritores, passadeiras táteis, tabelas em braille e peças para tatear) e dispõe de uma loja-livraria onde podem adquirir-se objetos com motivos inspirados nas coleções expostas.

Atualmente, estão em curso obras de ampliação do Museu para a futura apresentação do acervo de caráter essencialmente arqueológico, exibindo uma narrativa da história de Lagos e do Barlavento algarvio das origens até 1460.

Categorias:Lagos