Quarteira

QUARTEIRA | Inauguração do Presépio Gigante no Lar da Sagrada Família, em homenagem a Soledade Madeira

Neste sábado, 10 de dezembro, foi inaugurado o presépio gigante de homenagem a Soledade Madeira, no Lar da Sagrada Família, em Quarteira.

Este presépio, que poderá ser visitado por toda a comunidade no horário das visitas, pretende homenagear Soledade Madeira e foi elaborado com peças pertencentes à própria, gentilmente cedidas pelos seus familiares.

Ana F. Pinheiro, do Centro Paroquial de Quarteira, agradeceu “a todos vós por terem dispensado o vosso tempo para estarem connosco, especialmente ao Lions Clube de Vilamoura, na pessoa do seu presidente, Jorge Madeira e demais companheiros, ao senhor Telmo Pinto, presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, ao senhor Adelino Rocha, presidente da Associação Humanitária dos Doentes de Parkinson e Alzheimer, ao senhor Jorge do PlanetAlgarve e vamos dar início à bênção do nosso presépio pelo presidente do Centro Paroquial, o senhor padre Joaquim Campôa”.

O padre Joaquim Campôa referiu que, “como é habitual nestas circunstâncias, vamos benzer os chamados objetos religiosos e não deixa de ser importante também a questão do presépio que contém estes objetos religiosos. Nós olhamos para eles e encontramos o grande significado que têm para nós, os cristãos. Este presépio que aqui está é aquilo que a Dr.ª Soledade Madeira fazia na Igreja de Vilamoura. Foi sempre colecionando estas imagens para poder ir, cada vez mais, melhorando esse presépio. Agora nós, unidos e recordando, isto simboliza a sua presença, não física mas espiritual no meio de nós. Então, conversando com o senhor Jorge Madeira, entendemos que não valia a pena estarem estas imagens todas encaixotadas e que poderíamos fazer algo que recordasse este trabalho e esta dedicação desta mulher que também deu muito à igreja e que, na sua dedicação como catequista, empenhada também naquilo que era necessário fazer, além de outras coisas, mas concretamente à igreja, não podíamos deixar de prestar esta homenagem através daquilo que era o seu trabalho, o seu gosto e a sua dedicação nesta altura do Natal. Estamos unidos e solidários com ela e a sua presença continua sempre na nossa vida e hoje ela com certeza que está alegre e a ver o que estamos a fazer porque é assim, a partida dá uma nova vida e ela esta unida a cada um de nós”, procedendo então à bênção do presépio.

A diretora do Centro Paroquial, Amélia Craveiro, frisou: “Espero que tenham desfrutado este momento com alegria. Agradecemos uma vez mais a vossa presença e chamo o senhor Jorge Madeira para nos dar uma palavrinha, também em homenagem à Dr.ª Soledade”, referindo que “vamos ter aqui este presépio até ao Natal e poderá ser visitado diariamente pela nossa comunidade, pelo que temos todo o gosto em recebê-los aqui em horário de visitas, com as vossas famílias, com as vossas crianças e foi para isso que o senhor Jorge Madeira nos cedeu estas imagens com tanto carinho e nos propusemos a fazer este presépio gigante, aberto à nossa comunidade de Quarteira”.

Jorge Madeira agradeceu “ao senhor padre Campôa este gesto. Quero agradecer também a presença do senhor presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Eng. Telmo Pinto, do presidente da AHDPA, senhor professor Adelino Rocha e a todos os que estão aqui presentes. Agradeço do meu coração, Obrigado por terem vindo e espero que gostem deste presépio. Isto era uma coisa que a minha esposa fazia desde há muitos anos na Igreja de Vilamoura e isto fechado em casa não fazia sentido nenhum. É bom que as pessoas vejam isto e esteja ao serviço de toda a comunidade”.

A cerimónia prosseguiu com canções de Natal por Isa de Brito, acompanhada ao piano pelo Prof. Ricardo Silva.

A terminar, a utente do lar, Teresa Gonçalves, partilhou um poema escrito por si expressamente para a ocasião.

Soledade Madeira, professora e advogada, dedicou grande parte da sua vida ao serviço do Lions e das suas causas, para além de ter sido a presidente do Lions Clube de Vilamoura durante vários anos. É recordada pela sua jovialidade e pelos seus gestos de solidariedade, abnegação, organização e amor ao próximo. Foi a madrinha de inúmeros companheiros Lions, tendo contribuído de forma ímpar para o seu alargamento. Foi, por isso, reconhecida pelo Lions e pelo Lions Internacional com várias insígnias e cargos de relevo, incluindo a atribuição da Comenda Melvin Jones, a mais alta distinção da LCIF – Fundação Lions Clube Internacional, além de ter levado o Lions Clube de Vilamoura ao reconhecimento de excelência durante todos os seus mandatos enquanto sua líder.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Quarteira