Loulé

LOULÉ | Nota de pesar pelo falecimento de Claudisabel

Claudisabel

A Câmara Municipal de Loulé vem manifestar publicamente o seu mais profundo pesar pelo falecimento da artista louletana Claudisabel, na madrugada de hoje, 19 de dezembro, com 40 anos de idade, na sequência de um acidente de viação na A2.

Artista reconhecida no mundo da música ligeira, figura presente na televisão, Claudisabel levou também aos palcos que pisou, dentro e fora do País, o nome da sua terra natal.

Cláudia Isabel Leiria Madeira nasceu a 4 de outubro de 1976, em Loulé. A sua carreira discográfica começa em 1995, com o seu primeiro trabalho, “Dizias Tu, Pensava Eu”. Em 1998 é lançado o disco “Pensei Com o Coração”. Ainda nesse ano participou na coletânea “De mãos dadas”, mas é em 1999 que obtém o seu maior sucesso com o tema “Preciso de um Herói”. Em 2001, é com o seu quarto disco, “Meu Sonho Azul”, que volta a ter mais um grande sucesso da sua carreira, “Não vou voltar a chorar”. Lançou ainda, em 2005,  “Preto no Branco”, e em 2009, “Quem és tu”. Em 2010 e pelas mãos do compositor Jordi Cubino, é convidada a participar no Festival RTP Canção com o tema “ContraTudo e Contra Todos”. Em 2020, com uma abordagem diferente e um estilo musical totalmente renovado e uma imagem marcante surge um single de nome “Condenada”.

A Autarquia de Loulé enaltece publicamente o contributo da artista na promoção do nome do concelho de Loulé e endereça, neste momento de profunda consternação, as mais sentidas condolências à família enlutada pela morte precoce desta louletana.

Recorde a noite em que Claudisabel encantou Quarteira com hino humanista à tolerância e à integração.

Categorias:Loulé