AGENDA

Faro recebe Encontro no âmbito da Bienal de Arquitetura de Veneza

Autarquia apoiou projeto vencedor do concurso promovido pela Direção Geral das Artes, com curadoria de Andreia Garcia (Architectural Affairs) e participação do “corpo atelier”, baseado em Faro

A cidade de Faro vai acolher em 2023 um encontro de arquitetura no âmbito da participação portuguesa no âmbito da próxima Bienal de Arquitetura de Veneza, que terá lugar entre maio e novembro naquela cidade italiana.

Esta iniciativa acontece na sequência do apoio do Município de Faro, a par de outras duas autarquias portuguesas, ao projeto “FERTILE FUTURES”, apresentado pela curadora Andreia Garcia (Architectural Affairs), vencedor do concurso promovido pela Direção Geral das Artes com vista à participação portuguesa na próxima Bienal de Arquitetura de Veneza. O “corpo atelier”, situado em Faro, fundado pelo arquiteto Filipe Paixão, é um dos ateliês integrantes deste consórcio que se irá apresentar em Veneza nesta Bienal que terá como tema “O Laboratório do Futuro” com curadoria de Lesley Lokko.

Nesse sentido, para além de potenciar a participação portuguesa em Veneza, Faro irá acolher um encontro de arquitetura que pretende trazer até ao Sul as ideias e conceitos que vão estar plasmados na exposição que será instalada no Palácio Franchetti, sede regular das representações oficiais de Portugal em Veneza.

O projeto “FERTILE FUTURES” abordará a importância e o contributo da Arquitetura num futuro em que os conceitos de sustentabilidade vão ser cada mais presentes na vida das populações e territórios. A questão da descarbonização vai estar em foco o que é de extrema relevância tendo em conta os eventos climáticos extremos que vivemos cada mais com maior regularidade e intensidade.

O projeto conta com sete distintas hidrogeografias profundamente marcadas pela ação antropocêntrica. Estas hidrogeografias foram encomendadas a jovens arquitetos, entre os quais Filipe Paixão do “corpo atelier” e vão dar origem a apresentação de modelos propositivos para um futuro mais sustentável. Para Filipe Paixão, arquiteto que irá participar na elaboração do projeto, esta é “uma enorme honra e sentido de responsabilidade de, em representação do território algarvio, abordar as questões ambientais e sociais neste contexto especifico. A pertinência e atualidade destas temáticas, criteriosamente propostas pela Andreia Garcia e a equipa de coordenação, assim como o apoio incontestável que a Câmara Municipal de Faro demonstrou desde o primeiro momento, representam uma oportunidade para avaliarmos e repensarmos o papel da arquitetura no atual contexto ambiental.”

Por sua vez, Rogério Bacalhau, Presidente da Câmara Municipal de Faro, considera que “este é o reconhecimento do trabalho de grande qualidade, neste caso arquitetónico, que é realizado a partir de Faro para o mundo. Esta participação vai trazer a Faro arquitetos e especialistas de relevo que da grande montra mundial que é a Bienal de Veneza, até Faro, vão dar o seu contributo para uma temática inevitável para o futuro das novas gerações”. 

Na sua décima oitava edição, a Bienal de Arquitetura de Veneza assume-se como um dos principais encontros de arquitetura do mundo, contando com a representação de meia centena de países sendo visitada por centenas de milhares de pessoas.

Categorias:AGENDA, Faro