S. Brás de Alportel

São Brás de Alportel entrou em 2023 com Orçamento Municipal reforçado em tempo de crise

Município procura responder a desafios e criar novas oportunidades para os são-brasenses

São Brás de Alportel

A proposta de Orçamento Municipal de São Brás de Alportel para 2023, apresentada pelo executivo liderado por Vitor Guerreiro, foi aprovada pela Assembleia Municipal a 14 de dezembro, por maioria, com votos a favor dos membros eleitos pelo PS, abstenção dos membros eleitos pelo PSD e a abstenção do membro eleito pela CDU.

A proposta de Orçamento Municipal havia sido aprovada por maioria, em reunião de câmara extraordinária de 29 de novembro, com a abstenção dos vereadores eleitos pelo PSD.

Alcançando um valor de 18.833.416,00 euros, o Orçamento Municipal para 2023 reflete o reforço necessário para apoiar a comunidade e a economia local, em tempo de crise, com uma grande aposta na Estratégia Local de Habitação e na concretização de projetos estruturantes ao nível da renovação urbana e nos planos de Eficiência Hídrica e Energética. Um Orçamento que reflete a continuidade na concretização do projeto autárquico que mereceu a confiança dos são-brasenses para o quadriénio 2021-2025, traçando novas metas para o futuro.

Assegurar a sustentabilidade e o equilíbrio financeiro da autarquia continua a ser princípio base do orçamento são-brasense, que tem agora que dar resposta a grandes desafios, nomeadamente com o enorme acréscimo de despesas que advêm da ampliação das competências do Município, mediante transferências do Estado, nomeadamente nas áreas da educação, ação social e saúde, que vêm somar-se ao agravamento de todas as despesas com a inflação resultante da Guerra.

Em tempos de crise, o Orçamento Municipal apresenta um vincado reforço no apoio à economia e ao empreendedorismo local; e às famílias que estão a conviver com crescentes dificuldades. Zelar pela continuidade dos elevados níveis de qualidade de vida, com exigentes investimentos ao nível da melhoria e manutenção dos equipamentos na educação, no ambiente, na saúde e no desporto é uma linha de ação estruturante do Orçamento Municipal de São Brás de Alportel, ao mesmo tempo que precisar ser o garante da ação prioritária do Município que se esforça por  promover a atratividade do território e potenciar o desenvolvimento económico, a par grandes prioridades que são cada vez mais a segurança e a Proteção Civil.

“Este é um orçamento que tem como prioridade o apoio às famílias e à economia, num contexto especialmente exigente e incerto”, refere o presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vitor Guerreiro apontando que serão aproveitadas as oportunidades de financiamento do Portugal 2030 e do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e com aposta forte “na habitação, na eficiência hídrica e energética, na educação, cultura e desporto, mantendo os investimentos necessários na manutenção de equipamentos e infraestruturas”.

Não obstante, “reconhecemos que necessitamos de mais verbas, para podermos fazer mais pela nossa população”.

Principais Eixos do Orçamento Municipal para 2023

habitação é a grande prioridade nas políticas sociais do Município que aposta na Estratégia Local de Habitação que ate 2026 conta com um investimento de 8.826.000,00 euros a que se soma um investimento de mais de meio milhão de euros que vão permitir dar continuidade a apoios e respostas sociais, tais um novo pacote de medidas para apoiar as famílias em contexto de crise, os programas de apoio ao arrendamento,  o projeto de promoção de inclusão,  o reforço dos apoios  para as famílias através da Loja Social e do Fundo Social de Emergência, a continuidade dos programas “Mão Amiga” e “Mão Amiga Inclusivo”  e ainda o lançamento do novo programa de promoção de igualdade no acesso a produtos de higiene feminina para jovens.

Na saúde o Município prepara-se para aumentar as suas competências e está a pugnar pela criação de mais valências e equipamentos no concelho. O orçamento municipal contempla um investimento de quase 423 mil euros para o apoio ao Mestrado Integrado em Medicina da Universidade do Algarve, o plano de medidas de apoio à família, nomeadamente o “Vale + Saúde” e o “Vale + Natalidade”, assim como obras de beneficiação do Centro de Saúde e o apoio a associações com atividades dirigidas aos munícipes.

educação continua a ser a base de toda a ação do município, merecendo um investimento sólido por parte do Município que agora abraçou novas competências nesta área. O orçamento do contempla uma verba superior a 1.140.000,00 euros que vão permitir obras de beneficiação das escolas, assim como apoio ao desenvolvimento de atividades curriculares e extracurriculares. A ação social escolar, a aquisição de transporte escolar, a comparticipação de passes escolares, o plano de medidas de apoio à família “Vale + Educação” e os prémios aos melhores alunos e bolsas de mérito são algumas das muitas ações contempladas no orçamento.

Crucial para a qualidade de vida das populações, particularmente numa época em que a água é cada vez mais escassa, o Município vai fazer um investimento considerável de quase 2.550.500,00 euros na área do abastecimento de água e saneamento e tratamento de águas residuais. O orçamento contempla ainda mais intervenções ao nível da ampliação da rede de saneamento, da conservação da rede de abastecimento de água e saneamentoassim como da aquisição e reparação de equipamentos para o abastecimento de água e a requalificação das redes de abastecimento. Medidas que integram o Plano Municipal de Eficiência Hídrica.

Neste novo ano, a área do ambiente e bem-estar animal conta com investimentos superiores a 1.200.000,00 euros que vão permitir requalificar o Jardim Carrera Viegas bem como avançar na estratégia de melhoria do sistema de contentores e outros equipamentos de recolha, aquisição de viatura de resíduos. A promoção do bem-estar animal, nomeadamente o investimento em campanhas de esterilização e adoção de animais errantes. Juntam-se avultadas verbas nesta área ao nível do tratamento e valorização de resíduos e no âmbito do Plano Municipal de Eficiência Hídrica fundamentais para garantir a Qualidade Ambiental que é uma marca do município.

Este ano de 2023 pretende também ser um ano de grandes investimentos na área do ordenamento do território em São Brás de Alportel. O orçamento municipal prevê um investimento superior a um milhão de euros que vão permitir a concretização de projetos estruturantes de renovação urbana, tais como a 1.ª fase da Requalificação do Centro Urbano e o arranque do projeto da Praça João Rosa Beatriz, mas também a instalação do Monumento dos Combatentes, a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) e outros planos de ordenamento, num trabalho fundamental de projeção do futuro.

Para a Proteção Civil e Defesa da Floresta, o Município prevê investir perto de 600 mil euros na missão prioritária da defesa da floresta contra os incêndios e no reforço do apoio cada e mais exigente e fundamental para garantir o trabalho dos Bombeiros Voluntários, que são ao garante da proteção e socorro das populações.

Num período tão exigente para a economia, o Município de São Brás de Alportel reservou perto de 1.300.000,00 euros para a área de Desenvolvimento Económico e Turismo. Verba que permitirá lançar novas medidas de apoio aos agentes económicos locais; expandir a rede de espaços de incubação de empreendedorismo, criar uma campanha de promoção do Mercado Municipal, continuar a apostar em eventos de grande dinamização económica como a Feira da Serra, mas também a Noite Prata e outras iniciativas. O início da concretização da Oficina das Artes, aposta na promoção do emprego e da valorização da formação profissional, valorização do Parque da Fonte Férrea e a reabilitação do quarteirão 4 Olhos são outras linhas de ação. Ao nível do turismo 2023 será um ano marcado pela aposta na Rota do Caldeirão e na Serra, já considerada Aldeia de Portugal, cujo núcleo é a Casa da Serra, novo polo de atração turística. A criação do Monumento “Aleluia”, uma forte aposta turística, assente na identidade cultural da comunidade é um dos investimentos prioritários, cuja concretização arranca em 2023.

Sendo a mobilidade essencial para a qualidade de vida e atratividade económica do concelho, o orçamento de 2023 contempla uma verba superior a 480 mil euros para investimento na pavimentação da rede viária municipal, na requalificação da Estrada 523 e na conservação e reparação da rede viária.

Ao nível da energia está previsto o investimento de 684 mil euros que vai garantir os encargos com iluminação pública e de edifícios, a aquisição de material elétrico e a manutenção e reparação das redes de iluminação pública.

Uma nova fase no projeto global de modernização do São Brás Cineteatro, a manutenção,  a aposta nos estudos e investigação e de valorização do património, o apoio ao Museu do Traje e Às diversas associações culturais, a aquisição de equipamentos e fundo documental da Biblioteca Municipal e a continuidade do projeto de investigação e publicação da obra literária de José Dias Sancho estão contemplados no investimento municipal para 2023 na área da cultura e património com uma verba próxima dos 300 mil euros, que integra também da dinamização do Programa Cultural de 2023.

Na área do desporto, recreio e lazer o Município prevê o investimento de 531 mil euros que vão permitir a dinamização do Parque Desportivo Municipal, nomeadamente com a criação do novo Campo de Basquetebol e grandes investimentos ao nível da reparação e beneficiação de infraestruturas desportivas, como sejam o Campo de Futebol Municipal. O orçamento aposta ainda na aquisição de terrenos para a ampliação do Complexo de Ténis e para a criação de um campo de ténis coberto e integra o prioritário apoio a associações e coletividades desportivas do concelho e à dinamização de eventos desportivos, com grande potencial de dinamização da economia local.

Com a aprovação do orçamento municipal de 2023, Vitor Guerreiro, considera estarem reunidas condições para colocar em prática soluções a curto e longo prazo que conduzam ao desenvolvimento, atratividade e sobretudo um crescimento sustentado de São Brás de Alportel.