AGENDA

“A Investigação sobre a Escrita do Sudoeste no Concelho de Loulé” apresentada no Arquivo Municipal

estela_escrita_sudoeste_salir

A 13 de abril, pelas 15h00, o Arquivo Municipal de Loulé recebe a Conferência “A investigação sobre a escrita do Sudoeste no Concelho de Loulé”, apresentada por Pedro Barros, Samuel Melro e Susana Estrela.

O primeiro fragmento de uma estela com escrita do Sudoeste do Concelho de Loulé foi encontrado em 1897. Mais de uma centena de anos depois, a identificação destes monumentos epigráficos deve-se ao precioso contributo de inúmeros louletanos, investigadores e apaixonados pela arqueologia, como o Prior de Salir, José Rosa Madeira, José Viegas Gregório, Isilda Martins e Victor Borges.

A eles se juntam ainda inúmeros outros investigadores como Ataíde de Oliveira, José Leite de Vasconcelos, Manuel Gómez de Sosa, Caetano de Mello Beirão, que contribuíram para a identificação de dezassete estelas repartidas pelos conjuntos de Benafim/ Salir e do Ameixial e para a investigação daquela que é a mais antiga escrita da Península Ibérica e uma das mais antigas da Europa.

Ainda por decifrar, a escrita do Sudoeste é a voz que nos aproxima dos pensamentos e modos de vida do passado, um dos mistérios e um dos maiores tesouros da arqueologia europeia, uma imagem de marca desta serra como símbolo privilegiado da herança histórica de Loulé e do Algarve.

Nascido em 2008, o Projeto ESTELA tem como objetivo a sistematização da informação das estelas com escrita do Sudoeste, através da caracterização dos contextos, da cultura material e do território dos sítios arqueológicos da serra do Algarve. Com este trabalho pretende-se contribuir para a revisão e produção de conhecimento sobre a sociedade que aí habitou e que nos meados do 1º milénio a.C. foi um local central da primeira região peninsular com escrita. Para além desta componente de investigação, o projeto tem desde o início a preocupação de transformar o conhecimento científico adquirido no reforço da identidade local e de transpor essa informação para um território físico e humano.

Os oradores

Pedro Barros é um dos arqueólogos responsáveis pelo projeto de investigação ESTELA. Trabalha desde 1998 no Algarve, no âmbito da gestão do património arqueológico desta região, atualmente sob a responsabilidade da Direção Regional de Cultura do Algarve, ligada ao Secretário de Estado da Cultura. Para além da sua ação na salvaguarda, proteção e educação patrimonial, tem desenvolvido a sua investigação científica, com a participação em congressos e a publicação de artigos a nível nacional e internacional, sobre a Idade do Ferro no Sul de Portugal, em particular sobre a escrita do Sudoeste.

Samuel Melro é arqueólogo da Direção Regional de Cultura do Alentejo no âmbito da salvaguarda e gestão do património arqueológico. Tem desenvolvido a sua investigação científica sobre a Idade do Ferro no Sul de Portugal, em particular sobre a escrita do Sudoeste sendo um dos responsáveis do Projeto ESTELA.

Susana Estrela é arqueóloga desde 1997. Ao longo destes 16 anos tem desenvolvido a sua atividade em projetos de investigação e de minimização de impactes, decorrentes de infraestruturas públicas e privadas, ligada quer a laboratórios universitários quer a empresas de arqueologia. O seu percurso profissional incide no Sul de Portugal, sobretudo no Baixo Alentejo e no Algarve, áreas onde estuda diversos aspetos relacionados com a Proto-história e o período Romano. É colaboradora desde 2006 no projeto desenvolvido em Mesas do Castelinho (Almodôvar) e coopera desde os primeiros tempos do Projeto ESTELA. Tem vindo a publicar muitos dos seus estudos em revistas e encontros científicos da especialidade, em âmbito nacional e internacional.

CM-Loulé

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.