Albufeira

Instituto da Segurança Social assina Protocolos de compromisso no âmbito dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social

ss

O Instituto da Segurança Social (ISS) assina amanhã pelas 16h00, no auditório do Centro Distrital de Faro do ISS (Rua Pintor Carlos Porfírio, n.º 35,  8000-241 Faro), protocolos no âmbito do Programa Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS+) com 18 câmaras municipais.

Nesse sentido, e no distrito de Faro, vão ser assinados protocolos com os seguintes municípios:

•             Albufeira

•             Faro

•             Lagoa

•             Loulé

•             Vila Real de Santo António

Vão ainda ser assinados protocolos com municípios dos distritos de Beja, Évora, Portalegre e Setúbal.

Salienta-se que no dia 7 de junho , o Instituto da Segurança Social já tinha celebrado  65 protocolos de compromisso no âmbito do CLDS+  com municípios dos distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Lisboa, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

O Ministério da Solidariedade e Segurança Social através da celebração destes  novos protocolos CLDS+ aplicará mais de 20 milhões de euros nos territórios mais vulneráveis.

Criados em 2007 pela Portaria n.º 396/2007, de 2 de abril, os CLDS tinham como objetivo impulsionar uma maior coesão territorial em todo o país, bem como uma mudança social efetiva nos territórios mais deprimidos, confrontados com graves situações de pobreza e exclusão social.

Após a última reprogramação do QREN (2012) dadas as alterações que toda a Europa vinha sofrendo, sobretudo no que diz respeito à crescente taxa de desemprego, impunha-se uma mobilização dos fundos estruturais disponíveis para estratégias de combate a esse fenómeno.

Assim, os CLDS+ vêm reforçar as iniciativas para empregabilidade através de novos apoios no Emprego, Formação e Qualificação e pela criação de gabinetes de atendimento na área da empregabilidade que funcionarão em estreita parceria com Instituto de Emprego e Formação Profissional, o que representa uma inovação em relação aos anteriores CLDS.

Tendo o Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, assumido uma clara priorização à criação de emprego, a nova vaga de CLDS+ resulta de um trabalho conjunto entre o Instituto da Segurança Social e Instituto de Emprego e Formação Profissional com as Juntas de Freguesia, Câmaras Municipais, IPSS e Rede Social, que selecionaram um primeiro grupo de 80 territórios, tomando em consideração múltiplos indicadores, tais como: desemprego absoluto; evolução do índice de Emprego; Peso de desempregados de Longa Duração; Índice de dependência dos Idosos; Índice de envelhecimento; Pobreza monetária; pobreza Infantil; Condições habitacionais precárias.

Categories: Albufeira, Faro, Lagoa, Loulé, VRSA

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.