AGENDA

Buzinão e marcha lenta entre Vale Judeu e Boliqueime

en125

A Comissão de Utentes da Via do Infante prepara mais uma marcha lenta e um buzinão para o dia 21 de junho, a realizar entre Vale Judeu e Boliqueime. A Comissão persiste neste tipo de luta, apesar de continuarem as portagens há praticamente um ano e meio em vigor, contudo, reconhece que «só com a continuação da luta, abrangente, forte e determinada, será possível colocar um ponto final às portagens da desgraça e da morte no Algarve. O Algarve não se rende e vai continuar a lutar pela suspensão das portagens.

No próximo dia 21 de junho, primeiro dia do verão, irá realizar-se mais um grande buzinão e uma marcha lenta anti – portagens contra a destruição do Algarve, a decorrer na EN 125, entre Vale Judeu – Boliqueime – Vale Judeu.

O ponto de concentração será junto ao Café Várzea da Mão, no acesso para Vale Judeu, pelas 17.30 h e partida pelas 18.00 h a caminho de Fonte de Boliqueime, regressando a marcha ao ponto de partida.

Esta marcha lenta poderá envolver todo o tipo de viaturas – bicicletas, motas, carros ligeiros, carros pesados e tratores agrícolas. Durante o percurso pela EN 125 estão previstas várias ações surpresa».

Por outro lado, as obras de requalificação da EN 125 continuam suspensas, variantes cruciais a esta via foram anuladas, a Via do Infante tem uma redução de tráfego da ordem dos 60% e deu um prejuízo superior a 40 milhões de euros no ano de 2012.

«Este governo que é tão violento para os trabalhadores, reformados e mais pobres ao cortar-lhes salários, pensões e subsídios, tornou-se muito doce para os mais poderosos, como os patrões das PPP rodoviárias, continuando a transferir milhões para os seus bolsos cada vez mais largos. O governo rouba os que menos têm para alimentar os mais ricos!», diz a CUVI em comunicado.

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.