AGENDA

Igreja de Ferreiras recebe Concerto de Música Coral à Cappella

Desafinados

Desafinados

Uma viagem pela música coral do compositor português Eurico Carrapatoso é a proposta do Grupo “Desafinados” para o serão de 11 de julho, em Ferreiras, no concelho de Albufeira. Um programa que integra 3 dos ciclos, sob o mote “O que me diz o vento de…” e duas obras de amor “Ay, que dolor!”, um ciclo para recordar a música antiga e a trágica história de D. Pedro e D. Inês e “Marília”, obra sobre um soneto de Bocage.

Dia 11 de julho, pelas 21h00, a Igreja Paroquial de S. José, em Ferreiras (Albufeira) recebe um concerto de Música Coral à Cappella, pelo “Ensemble Vocal Desafinados”, um grupo formado em 2012 por alunos da Escola Superior de Música de Lisboa (ESMEL).

A iniciativa que faz parte de um projeto orientado pelos professores da ESMEL, Clara Alcobia Coelho e Vasco Pearce de Azevedo consistiu na preparação de dois programas de concerto: um à cappella, com obras do músico português Henrique Carrapatoso e outro para coro/solistas e piano, com obras de Johannes Brahms. O culminar do projeto, após as apresentações oficiais em Lisboa, passa por uma digressão pelo país, onde se integra o Concerto de Ferreiras.

Refira-se que vários dos seus elementos, alguns pertencentes à Paróquia de S. José, paralelamente aos seus estudos fazem ou fizeram parte de grupos como o Coro Ricercare, o Coro Sinfónico Lisboa Cantat ou o Coro Gulbenkian, lecionam em Conservatórios como o de Setúbal, Sintra e Metropolitano de Lisboa e têm participado em vários cursos de aperfeiçoamento, dos quais destacamos o Curso Internacional de Música Vocal de Aveiro e os Vocalizze do Instituto Piaget de Almada. Sete dos seus elementos estudaram ao abrigo do programa Erasmus, no Instituto Kodály, na Hungria.

Para ver, dia 11 de julho, a partir das 21h00, na Igreja Paroquial de Ferreiras. Entrada Livre.

Categories: AGENDA, Albufeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.