Desporto

Abel Xavier apresentado hoje no Olhanense

Assista à Conferência de Imprensa no site do clube.

Abel Xavier

Abel Xavier

Abel Xavier foi nesta quarta-feira apresentado como treinador do Olhanense. O antigo jogador agradeceu a oportunidade e contornou o facto de ainda não ter qualquer experiência como técnico: «Espero pela verdade do campo e do dia a dia», disse. Perante uma sala repleta de jornalistas e de sócios e adeptos do clube, Xavier agradeceu ainda aos que o antecederam e deixaram o Olhanense, «numa situação viável em relação ao futuro».

«Já há muito tempo que estava identificado com a situação do Olhanense. Estou muito contente por esta oportunidade e peço união a todos. Obviamente que reconstruir um plantel não é fácil. Nas próximas 5 semanas contaremos tê-lo definido, e nas próximas 2 iremos analisar os jogadores que farão parte do grupo, ver os que têm contrato e os que estarão à experiência. Vai ser difícil, mas acredito. Trazemos e queremos estabilidade, equilíbrio, gestão profissional atitude nos jogadores.», prometeu.

«O Olhanense começa atrasado, devido à dificuldade na construção do plantel, mas isso não vai servir de desculpa. Objetivo? Não gosto de prometer nada, as promessas são subjetivas, só posso dizer que quero construir uma equipa competitiva e com carácter. Não vivemos acima das expetativas, tenho uma noção ampla mas também tenho que viver da realidade e da matéria-prima de que disponho. Esperamos ter jogadores emprestados pelos grandes de Itália e também de Portugal. Dentro de 2 semanas espero ter incutido um sistema identitário na equipa», acrescentou.

Abel Xavier não teme este novo desafio e vai recorrer aos ensinamentos de todos os treinadores que teve, enquanto jogador. «Fui jogador ao mais alto nível mas é completamente diferente ser treinador. Também estou confiante nesta nova função, tirei habilitações e tenho as minhas convicções. Como jogador, também comecei de baixo para cima… Aprendi com todos os treinadores que tive na minha carreira de jogador, tanto os bons, como os maus, porque com estes também se apreende muito. Quero criar uma equipa com perfil, determinada e com carácter, e na qual me reveja».

O novo treinador do Olhanense até serviu de tradutor ao novo investidor do clube, o italiano Igor Campedelli. «Foi um milagre podermos ajudar o Olhanense. Temos um grande otimismo em que o futuro seja mais risonho e de acordo com a história do clube. Temos pouco tempo para construir uma equipa competitiva para um campeonato que sabemos ser exigente. Não temos receio e vamos contratar jogadores para construir uma equipa competitiva e garantir a permanência.», disse o vice-presidente da SAD do clube algarvio.

Igor Campedelli explicou também a aposta em Abel Xavier: «O futebol é um desafio permanente e o Abel Xavier, para mim, também vai ser um bom desafio», vincou, pedindo confiança e união aos adeptos do clube, pois, diz, «somos profissionais do futebol e trazemos organização e experiência».

«Ultrapassámos momentos difíceis. Com a ajuda dos investidores da SAD queremos consolidar o Olhanense na primeira liga, mesmo sabendo que esta época será muito difícil.», referiu Isidoro Sousa, presidente do clube e da SAD.

Fonte: Mais Futebol (Jorge Anjinho) e http://www.scolhanense.com/scotv.html

Categories: Desporto, Olhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.