Algarve

Enfermeiros – maior grupo profissional excluídos do grupo de trabalho que irá definir orientações para o Centro Hospitalar do Algarve

sindicato_enfermeiros

A ARS Algarve determinou constituir “um grupo de trabalho a funcionar no âmbito da ARS Algarve, IP, tendo como missão apoiar a definição das linhas de orientação estratégica que devem presidir à fusão das duas unidades hospitalares e à sua reorganização, nas seguintes áreas: assistencial, apoio clínico, logística e apoio geral.” Pode ler-se em informação dirigida aos trabalhadores de ambos os hospitais.

Este grupo de trabalho é constitído por 5 economistas, 4 médicos e uma administradora hospitalar de ambos os hospitais.

INADMISSIVELMENTE, NEM UM ÚNICO ENFERMEIRO! Não há qualquer justificação plausível para não ter sido incluído nenhum enfermeiro na constituição deste grupo de trabalho, tanto mais quando há vários que detêm formação em gestão e administração hospitalar.

Os enfermeiros foram excluídos inicialmente por não ter havido consulta direta ou aos seus representantes sobre a criação do CHA e agora “não são tidos nem achados” na organização e orientação estratégica dos serviços, o que obviamente trará consequências ao nível do funcionamento e da prestação de cuidados.

O SEP exige que seja corrigida esta falha grave, integrando no grupo de trabalho, pelo menos um enfermeiro, de cada uma das unidades hospitalares.

A Direcção Regional de Faro do SEP

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *