Silves

ARMAÇÃO DE PÊRA | Água parada na origem de “praga” de mosquitos identificada

A “praga” de mosquitos que se tem feito sentir na zona de Armação de Pêra surgiu devido a uma «rotura numa conduta de água canalizada que originava um foco de água parada».

Armação de Pêra

Armação de Pêra

De acordo com a APA, o que originou a “praga de mosquitos”, como a classificou o presidente da Junta de Freguesia de Alcantarilha, concelho de Silves, no final do mês passado, foi uma «rotura numa conduta de água canalizada que originava um foco de água parada».

Com o reforço da desinfestação que tem sido efetuado nos últimos dias pela Câmara Municipal de Silves, a APA espera que “os mosquitos desapareçam gradualmente nos próximos dias”.

Porém, quer o presidente da Câmara Municipal de Silves, Rogério Pinto, quer o presidente da Junta de Freguesia de Alcantarilha, João Palma, referiram hoje à Lusa que os mosquitos continuam a afetar as populações locais.

Notícia relacionada:

Armação de Pêra | APA – ARH Algarve, a Autoridade de Saúde do ACES do barlavento e autarquia reúnem para analisar aparecimento anormal de mosquitos

Categories: Silves

2 replies »

  1. Existem replentes que poderiam ter sido efetuados pelos serviços competentes nestas áreas e além de atuaraem no local onde nascem também poderiam pulvorizar toda a localidade incluíndo as prais, é muito “feio” para um Pais que quer mostrar um bom Turismo, e sair de uma crise

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.