Loulé

ANTÓNIO ALEIXO | O maior poeta popular português homenageado pelos louletanos

António Aleixo foi homenageado no passado sábado pelos louletanos, no dia em que se assinalou o 64.º aniversário da sua morte. O Cine-Teatro Loulé foi o palco escolhido para relembrar aquele que é considerado como o maior poeta popular português de todos os tempos, a sua vida e obra.

Professor J. J. Dias Marques

Professor J. J. Dias Marques

J. J. Dias Marques, docente da Universidade do Algarve, subiu ao palco para apresentar a comunicação “Os Manuscritos da Poesia de António Aleixo: Subsídios para a sua edição crítica”, onde fez uma exposição sobre a obra do poeta e o papel importante de Joaquim de Magalhães, que se dedicou a compilar os versos que eram ditados pelo poeta, reunindo, mais tarde, em livro as suas quadras populares, mas de uma grande profundidade filosófica.

Espetáculo de homenagem a António Aleixo

Espetáculo de homenagem a António Aleixo

Na segunda parte desta homenagem, perante uma plateia cheia, Afonso Dias subiu ao palco, acompanhado por Teresa Viola, Tânia Silva, Marinela St. Aubyn, Adriano St. Aubyn e Ricardo Martins, para o espetáculo musical “Fado Aleixo”, tributo que trouxe o poeta Aleixo de regresso ao Fado Tradicional que ele mesmo cantava.

Com alguns “atrevimentos” e o recurso a instrumentos pouco habituais – piano, fagote, acordeão, percussões, cavaquinho – Afonso Dias & A Sopa dos Pobres trouxeram a esta homenagem um Fado de percursos e fusões.

Para os promotores deste evento, esta foi “a homenagem justa e devida ao Poeta que elevou a voz do Povo às alturas de uma arte maior”.

Categories: Loulé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.