Algarve

Dieta mediterrânica é Património Imaterial da Humanidade | Turismo do Algarve felicita decisão da UNESCO

O presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA) congratula-se com a classificação da dieta mediterrânica como Património Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que reuniu hoje em Baku, no Azerbaijão, o Comité Intergovernamental para Salvaguarda do Património Imaterial.

logo-rta

Desidério Silva declara-se «encantado» pelo «reconhecimento da cultura algarvia pela UNESCO, da sua gastronomia tipicamente mediterrânica e dos vinhos, o que é muito importante para o Turismo no Algarve», afirma o presidente.

«A notícia é a cereja em cima do bolo», conclui Desidério Silva, numa alusão a outras distinções que o maior destino de férias do país recebeu recentemente: o prémio de «Melhor Destino de Praia da Europa» nos World Travel Awards, os óscares do turismo, e a eleição da região como «Destino de Golfe Europeu do Ano 2014», o principal galardão da indústria turística do golfe, atribuído pela Associação Internacional dos Operadores Turísticos de Golfe (IAGTO).

A candidatura agora aprovada tem Tavira como a sua comunidade representativa e foi liderada pelo presidente daquele município algarvio, Jorge Botelho, a quem o executivo da RTA já enviou uma mensagem de felicitações pelo reconhecimento internacional da dieta mediterrânica.

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.