AGENDA

SALIR | Comemorações dos 8 Séculos de Língua Portuguesa com Oficina de Leitura e Expressão Oral “Conta aqui, Conta ali – Uma Roda de Histórias” | 29 de maio

No âmbito do programa de parceria da Câmara Municipal de Loulé e das Comemorações dos 8 Séculos de Língua Portuguesa, vai decorrer na próxima quinta-feira, dia 29 de maio, pelas 11h00, no Pólo Museológico de Arqueologia de Salir, a Oficina de Leitura e Expressão Oral “Conta aqui, Conta ali – Uma Roda de Histórias”.

Pólo Museológico de Arqueologia de Salir - foto Arquivo CML

Pólo Museológico de Arqueologia de Salir – foto Arquivo CML

“Conta aqui, Conta ali” é um projeto de recriação pedagógica e cultural que se apresenta como um Laboratório/Oficina de Leitura e Expressão Oral. Recria, em interação comos participantes, o universo natural de uma roda de histórias, em que o contadortradicional é também o público que tem acesso a uma seleção e co-constrói váriostipos de narrativas, como histórias de vida e/ou ficções, anónimas e/ou de autor,de feição lírica e/ou satírica, dependendo do tema, do objetivo, da localidadeonde decorra a sessão e da tipologia do seu auditório.

Realiza-se preferencialmente ao ar livre, em ambiente natural, e destina-se a pessoas de diversas origens da Língua Portuguesa, a várias faixas etárias e a contextos educativos e culturais diferenciados.

Concebido pela algarvia Margarida Catarino, “Conta aqui, Conta ali” foi apresentado pela primeira vez no Festival Sementes, 15.ª Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público, no dia 1 de junho de 2010,no Parque da Paz, em Almada.Volta a “Roda de Histórias”, desta vez a Salir, na Quinta-feira da Espiga, paracelebrar com as suas gentes a Língua Portuguesa e as suas tradições.

Integra o programa do projeto Laboratório da Escrita Lusa que tem por base diversas referências bibliográficas, desde as orientadoras dos programas de Ensino do Português do Ministério da Educação da República Portuguesa, ao Quadro Europeu Comum de Referência do Ensino das Línguas, Quarepe, bem como outros documentos certificados da teoria e da crítica literária, da Linguística, da Cultura e Literatura Portuguesa.

Enquadra-se nas grandes metas da Agenda 21 da Comunidade Europeia e da Agenda para 2015 dos países da CPLP.

Esta “Roda de Histórias” é o primeiro de muitos eventos com que a 8 séculos de Língua Portuguesa-Associação, entidade promotora das Comemorações dos 8 Séculos da Língua Portuguesa e a Autarquia de Loulé brindam as tradições e as gentes da Língua Portuguesa, promovendo a rede para esta celebração.

Vitorino Pires (acordeonistas) e Gonçalo Pinto (contador4 de histórias tradicionais, poeta repentista, tocador de castanholas e de pedras da ribeira) são os artistas convidados.

As inscrições podem ser feitas no Pólo Museológico de Arqueologia de Salir, Largo Pedro Dias, 8100-200 Salir, dcp@cm-loule.pt ou telefone 289 489 137.

As Comemorações dos 8 Séculos de Língua Portuguesapretendem fazer uma grande celebração da língua portuguesa partilhada pelos 8 países de expressão portuguesa: Angola, Brasil, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste e Região Administrativa Especial de Macau.

Estas comemorações realizam-se em rede, em parceria e em todas as geografias com as pessoas e instituições que a elas se queiram juntar. Comemoram-se os 8 séculos do conhecimento dos documentos mais antigos escritos em língua portuguesa, entre os quais avulta o Testamento do Rei D. Afonso II, datado de 27 de junho de 1214, eleito como referencial destas celebrações.

As comemorações dos 8 Séculos de Língua Portuguesativeram o seu início no passado dia 5 de maio, escolhido por ser o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP, e irão estender-se até 10 de junho de 2015. A Língua Portuguesa, com mais de 200 milhões de falantes, é a sexta mais falada no mundo, a terceira do Facebook, a quarta do Twitter e uma das dez línguas com maior crescimento a nível mundial.

Por: Município de Loulé

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.