Algarve

2 milhões para ligar a Freguesia de Algoz/Tunes ao Sistema de Águas Residuais de Albufeira, Lagoa e Silves

Foi recentemente publicado em Diário da República o anúncio para a Empreitada que fará a Ligação da Freguesia de Algoz/Tunes ao Sistema de Águas Residuais de Albufeira, Lagoa e Silves. Este valor de cerca de 2 milhões de euros irá acumular aos cerca de 275.776.000€ já investidos no Algarve, no Sistema Multimunicipal de Saneamento do Algarve.

Com a concretização deste investimento será possível quer proceder à desativação da atual ETAR do Algoz, propriedade do Município de Silves, infraestrutura que à presente data possui um grau de tratamento deficiente e com sucessivas violações do seu normativo de descarga, com os graves problemas ambientais daí resultantes.

Este investimento irá ainda possibilitar assegurar a drenagem dos efluentes gerados pelos aglomerados populacionais existentes entre Algoz e Montes Raposos (incluindo Vale de Margem), conduzindo-os para a Estação Elevatória EE8 (Montes Raposos) e assim integrados no Sistema de Águas Residuais de Albufeira Poente e desta forma serem sujeitos a tratamento na ETAR de Albufeira Poente.

mapa_sistema_saneamento

Com um investimento a rondar os dois milhões de euros, esta infraestrutura será constituída pela construção das seguintes componentes:

a)     Obra de pré-tratamento, laminação de caudais e Estação Elevatória de Algoz e Tunes;

b)    Coletor Gravítico CGA1, em PVC SN4/PN6 DN200, com uma extensão de 1 962,14 m;

c)     Prolongamento do Coletor Gravítico de São Lourenço, em PVC SN4/PN6 DN200, com uma extensão de 28,04 m;

d)    Estação Elevatória de São Lourenço;

e)     Conduta Elevatória CEA1, em PEAD MRS100 PN6 DN125, com uma extensão de 1 039,67 m;

f)      Coletor Gravítico CGA2, em PVC SN4/PN6 DN200, com uma extensão de 664,61 m;

g)    Obra de pré-tratamento, laminação de caudais e Estação Elevatória de Vale de Margem;

h)    Conduta elevatória CEA2, em PEAD MRS100 PN6 DN140, com uma extensão de 366,91 m;

i)       Coletor Gravítico CGA3, em PVC SN4/PN6 DN250, com uma extensão de 663,94 m;

Trata-se de mais um importante investimento na região algarvia, o qual virá contemplar melhorias significativas quer na qualidade de vida das populações abrangidas, quer no meio ambiente em geral.

Até ao momento atual, os Valores de Investimento já realizados pela Águas do Algarve, S.A., em ambos os Sistemas Multimunicipais ( Água e Saneamento)  na região rondam os  577 milhões de euros.

Em anexo, enviamos o mapa alusivo ao Sistema Multimunicipal de Saneamento da Região algarvia, espelhando o investimento já efetuado no Algarve em prol do desenvolvimento regional e consequentemente de todos os algarvios, bem como na melhoria da qualidade das estadias dos milhares de turistas que nos visitam durante todo o ano. Acresce dizer que a atividade da Águas do Algarve, S.A. em muito tem contribuído para o aumento significativo da qualidade das águas balneares do Algarve e consequentemente para o aumento do número de bandeiras azuis nas nossas praias.

Por: Águas do Algarve

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.