AGENDA

Câmara Municipal de Silves apoia Comemorações do Centenário do Nascimento do Poeta António Pereira |21 e 22 de fevereiro

Assinala-se nos próximos dias 21 e 22 de fevereiro, na vila de Armação de Pêra, o centenário do poeta armacenense António Pereira. A iniciativa, promovida pela junta de freguesia local, conta com o apoio da Câmara Municipal de Silves e pretende homenagear e dar a conhecer a obra do poeta.

O programa tem início na manhã de sábado, dia 21 de fevereiro, pelas 10h00, com leituras de poemas de António Pereira, no mercado municipal de Armação de Pêra. Da parte da tarde será descerrada, pelas 15h00, uma lápide na rua dos Pescadores, local onde nasceu; seguindo-se pelas 16h00 a inauguração da exposição “Vida e obra de António Pereira”, no Pólo de Educação do Longo da Vida.

As comemorações encerram no domingo, dia 22 de fevereiro, pelas 18h00, com a sessão solene “Vida e obra de António Pereira”, na sede do clube de futebol “Os Armacenenses”.

SOBRE O POETA

António Pereira nasceu em Armação de Pêra, no dia 24 de fevereiro de 1914.

Licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra, decorria o ano de 1940. Em 1942 inicia funções de Delegado do Procurador da República, em Moura, tendo ascendido na carreira e desempenhado funções de Procurador da República e Juiz, em várias comarcas do país, terminando a sua vida pública como Conservador do Registo Civil de Silves.

Apesar da sua notável carreira, foi como poeta que se destacou, tendo em Armação de Pêra, no mar e na pesca, uma forte fonte de inspiração, temas que imortalizou em poemas como “A minha rua tem o mar ao fundo”, “Eu sou de Armação de Pêra / Essa das ruas pra o mar…” ou “Lá em Armação de Pêra”.

Com o seu poema “Trilogia” arrecadou o 1.º Prémio de Poesia Lírica do concurso promovido pela Emissora Nacional, em 1943, tendo nesse âmbito chegado a ser proclamado o Príncipe dos Poetas Portugueses. Em 1945 ganhou o prémio António Sardinha pelo seu poema “Nossa Senhora das Ondas”.

“O Poeta e a Morte” (1936), “Lápis de Cor” (1937) e “Notícias do Mar” (1963) são algumas das suas principais obras publicadas.

Por: Município de Silves

cartaz

Categorias:AGENDA, Silves

PlanetAlgarve

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s