Faro

A Solução para o “parque de campismo” da Praia de Faro

Partidos e Movimento Independente que apoiam Presidente Rogério Bacalhau querem convocar Referendo Local para que sejam os farenses a decidir

Praia de Faro

Por duas ocasiões, no último mês, o Presidente da Câmara, Rogério Bacalhau, propôs a desocupação do chamado “Parque de Campismo de Faro”, desactivado desde 2003, e que tem uma associação a explorar o espaço reservado para os seus sócios, há já muitos anos.

Fê-lo, porque entende, como nós e muitos farenses, que aquele espaço público deve estar ao serviço de todos, e não de uns poucos;

Fê-lo, porque entende, como nós e muitos farenses, que devemos procurar soluções que melhorem a Praia e que aquele espaço municipal tem todas as condições para gerar impactos positivos para todos os que o poderão frequentar, fruindo a Praia, a Ria, a paisagem e o ambiente.

Fê-lo, enfim, porque esta é a decisão certa que muitos reclamaram durante décadas e ninguém ousou concretizar.

E quando anuncia que a vai apresentar, uma vez mais, mesmo que os vereadores do PS persistam em chumbá-la, fá-lo porque não se resigna, e porque sabe que interpreta fielmente a vontade dos cidadãos, como é seu dever na qualidade de representante máximo dos farenses. Tem o nosso apoio.

Não seria honrado ceder perante uma oposição escura comandada por um certo PS Faro que em 2 ocasiões rejeitou a proposta do Presidente. Chumbou-a somando os seus 4 vereadores ao da CDU, formando uma maioria de bloqueio. O PS Faro ganhou lá dentro, na reunião de Câmara, mas perde cá fora, junto dos cidadãos.

Maioria de bloqueio que, aliás, se vem radicalizando desde o 1º dia deste mandato. Basta recordar o voto contra a reabertura do Café da Pérgola da Pontinha, ou o voto contra a instalação de quiosques para dinamizar o Parque Ribeirinho, ou ainda os entraves às renovações das licenças de táxis e aos pedidos de novas esplanadas.

Este PS não está a embaraçar o Presidente da Câmara, está a diminuir Faro, prejudicando as suas pessoas e as suas iniciativas.

Por isso, e porque sentimos que os farenses não se conformam, tal como nós, anunciamos que caso a proposta do Presidente referente ao “Parque de Campismo” seja novamente chumbada, apresentaremos uma proposta na Assembleia Municipal para que seja convocado um Referendo Local e se devolva a palavra aos cidadãos. Quem for pela perpetuação do problema votará nessa ocasião da mesma forma que PS e CDU têm votado na Câmara, quem quiser a mudança sabe que tem outro caminho.

Por: PSD Faro

Categories: Faro

1 reply »

  1. Alguém me sabe dizer o motivo porque a Camara Municipal de Faro entregou o Parque de Campismo em 2003 á Associação? Eu penso que não foram os utentes do Parque de Campismo nessa altura que impuseram á C.M.F. e á força, a entrega do Parque de Campismo!! ou foi????
    Eles C.M.F. é que entregaram sem nada pedir em troca aquilo que todos sabemos!!! A Associação não ocupou aquele espaço sem que ninguém o permitisse, houve a permissão da Camara, entregar e passado alguns meses receber por incapacidade de gerencia!!! Enganaram-se, saiu-lhes o tiro pela culatra!!! Isto porque a Camara alegava ter muita despesa e passou a batata quente, sem saber as capacidades empreendedoras dos sucessores com algumas adversidades é certo, mas com cabeça!!!! Um bem haja á Associação, que estão de parabéns!!! E um VIVA o Parque de Campismo PARA TODOS!!!!!!!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.