AGENDA

Alcantarilha recebe “Visita Régia de D. Sebastião” | 15, 16 e 17 de maio

Entre 15 e 17 de maio, Alcantarilha será palco da “Visita Régia de D. Sebastião”, evento que pretende relembrar este importante marco da história da referida localidade e, simultaneamente, reconstituir o ambiente socioeconómico e de animação que se vivia na época da visita (1573). A iniciativa é promovida pela Casa do Povo de Alcantarilha, Pêra e Armação de Pêra e conta com o apoio da Câmara Municipal de Silves.

Assinalando este acontecimento, estão programadas diversas atividades que farão parte do programa destes três dias de visita, sendo pontos altos a procissão de S. Sebastião, jogos quinhentistas, recriações históricas, teatros, danças e um Banquete Real onde ‘El-Rei D. Sebastião’ estará presente.

Mais informações poderão ser recolhidas junto da Casa do Povo de Alcantarilha, Pêra e Armação de Pêra através do telefone 282 322 314 ou do email casadopovoapap@gmail.com.

Breve resenha:

A 28 de janeiro de 1573 el- rei D. Sebastião visitou a aldeia de Alcantarilha integrada na viagem que o monarca empreendeu ao Alentejo e ao Algarve.

O Rei, que em 1571 tinha ordenado a conclusão das muralhas de Alcantarilha – obras iniciadas, segundo se crê, no reinado de D. João III, visitou a localidade para ver a obra já feita. Tratou-se de uma visita curta mas de grande significado para a população; afinal, era o Rei que visitava Alcantarilha. Segundo os registos existentes, ainda fora da aldeia, D. Sebastião foi recebido pelo juiz, juntamente com alguns cavaleiros de lanças, adargas e uma expressiva bandeira de Ordenanças de 250 soldados.

A rua principal, repleta de gente, saudou el rei e, nas janelas, estavam algumas moças bem-parecidas, como reparou o cronista que não entibiou em elogiá-las pela sua beleza. “Moças bem-parecidas e não tão feias como as de Lagos” terá referido.

Sobre um acontecimento que ficou na memória e no orgulho do povo (até aos nossos dias), é natural que tenham surgido muitas histórias à volta da presença do jovem monarca na povoação. Segundo se diz, D. Sebastião esteve em Alcantarilha por três vezes e, nesta que o seu cronista refere, teria mesmo pernoitado nos arredores da povoação, na zona do Rogel, onde a sua comitiva montara o acampamento, tendo o rei dormido nos aposentos da Quinta das Cruzes. Nas antigas terras do Rogel surgiria, mais tarde, a ermida de S. Sebastião onde segundo se crê o jovem monarca rezou. Celebremos então a visita de el-Rei Dom Sebastião a Alcantarilha.

Por: Município de Silves

cartaz

Categorias:AGENDA, Silves

PlanetAlgarve

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s