Loulé

“Vital Cities”: Loulé e Sibenik no encontro transnacional – Deep Dive – em Budapeste, na Hungria

Nos dias 26, 27 e 28 de abril, uma delegação de Loulé marcou presença na cidade de Budapeste, num encontro transnacional juntamente com representantes daquela cidade húngara e também de Sibenik (Croácia), inserido no projeto “Vital Cities”.

A delegação de Loulé foi composta por João Martins, vereador da Câmara Municipal de Loulé, Tiago Guadalupe, coordenador local do projeto “Vital Cities”, Júlio Guerreiro, do Gabinete de Comunicação, Pedro Guerreiro, engenheiro, Adriana Cavaco, técnica da ação social da Autarquia, bem como Luís Vicente, dirigente do Clube de Ténis de Loulé, e Rui Costa, dirigente da “Let’s Go Run”, dois dos parceiros locais do Município neste projeto europeu.

A delegação louletana deslocou-se a Budapeste para três dias intensos de reuniões que se consumaram num “mergulho profundo” (deep dive) nos projetos em curso no 13.º Distrito de Budapeste, no âmbito do projeto europeu “Vital Cities”, rede europeia liderada por Loulé e constituída por 10 municípios europeus, que visa a promoção de estilos de vida ativos e saudáveis no combate ao sedentarismo e fomento da coesão social.

Esta foi uma oportunidade para uma partilha de experiências mas também para uma melhoria das atividades levadas a cabo pelo município húngaro, inscritos na filosofia da “Vital Cities”, através das propostas e sugestões apresentadas pelos parceiros portugueses e croatas e pelo leader expert, Twan De Bruijn.

A título de balanço, Tiago Guadalupe, coordenador local do projeto europeu, considerou muito interessante constatar que locais diferentes têm problemas similares, sublinhando o facto do 13.º distrito de Budapeste “ter o mesmo tipo de desafios que Loulé, apesar da singularidade em termos culturais, do contexto específico, da tradição e dos valores democráticos, pelo que as respostas, em cada um dos casos, serão necessariamente diferentes”. Este responsável concluiu que “este encontro transnacional consumou-se numa troca de experiências extremamente positiva para além de permitir tomar contacto com as novas tendências a nível europeu e, por estarem a ser dados passos significativos no velho continente de forma a tornar as cidades mais ativas e vitais”.

Já na próxima semana, uma comitiva de Loulé vai estar na cidade italiana de Rieti para a reunião intermédia do projeto “Vital Cities” que contará com a representação dos dez parceiros.

Categorias:Loulé