Consumidor

“O que fazer quando o serviço na oficina não corre bem?”

Delegação Regional do Algarve

CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO

A DECO INFORMA…

Nem sempre é fácil encontrar um serviço de manutenção e reparação de veículos satisfatório, mas para que a reclamação seja viável e possa ser decidida a favor do reclamante, existem regras a cumprir.

A apresentação de orçamento é uma prestação de serviços, logo, deve ser paga. O seu valor deve corresponder ao trabalho com o levantamento das peças necessárias, respetivo custo e mão-de-obra.

No geral, as oficinas publicitam “orçamentos grátis” para conquistar novos clientes e, outras, quando recebem a indicação de reparação pelo cliente, não cobram o valor do orçamento. Trata-se de procedimentos comerciais, cujo critério é decidido pela oficina.

Pedir orçamentos permite-lhe comparar várias ofertas e assim optar pela mais vantajosa. Estes documentos comprometem a oficina no cumprimento dos termos acordados, exceto se o proprietário do automóvel der autorização para que sejam efetuadas outras reparações.

Caso a oficina avance com uma reparação não orçamentada, nem autorizada por si, esse valor não lhe deverá ser exigido.

A maioria dos conflitos entre os clientes e as oficinas surgem devido a reparações deficientes, defeitos de fabrico ou pouca duração de algumas peças, que obrigam a várias deslocações à oficina.

Para resolver conflitos, comece por tentar resolver o assunto diretamente na oficina. Se não conseguir chegar a um entendimento, apresente uma reclamação por escrito junto da gerência da firma ou da assistência ao cliente do representante da marca. Na carta, descreva resumidamente o sucedido de forma objetiva, indicando o tipo de serviço solicitado, a data da entrega e da devolução do veículo e as deficiências encontradas.

Estabeleça um prazo razoável para a resolução do problema. Se o conflito se mantiver, só deverá entregar o veículo para reparação noutra oficina depois de ter uma prova da recusa da primeira oficina com a qual tentou sem sucesso resolver o problema.

Categorias:Consumidor